CVC - Viagens

Bem-vindo a CVC,

(sair)

Chapada dos GuimarãesBrasil

Crédito: Thinkstock
 

Destino ideal para aventureiros e apaixonados por ecoturismo

Com paisagens que vão te deixar com vontade de sair fotografando todos os cantos, a Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, abriga dezenas de cachoeiras, cavernas, lagoas e trilhas que atraem cerca de 150 mil turistas por ano, entre brasileiros e estrangeiros. O local ocupa área de 320 mil quilômetros quadrados, conservada pelo Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, aberto para visitação diariamente. Conheça a famosa cachoeira Véu da Noiva e os mirantes Morro São Jerônimo e Mirante Geodésico, ambos com vistas fantásticas! Para aproveitar ainda mais o contato com a natureza, vale a pena se hospedar em Cuiabá e na pequena cidade de Chapada dos Guimarães, e incluir no roteiro tours com parada para banho em piscinas naturais.

quando ir

Os iniciantes em trilhas devem evitar os meses de dezembro a março, quando há mais chuvas, o que pode dificultar os trajetos. O tempo seco predomina de maio a setembro e o calor é constante, mas ainda mais elevado entre julho e outubro, com máximas entre 30⁰C e 40⁰C.

curiosidades

Uma das atrações do parque nacional, a caverna Casa de Pedra, já serviu de cenário para a novela Fera Ferida (1993). Famosa pela beleza, a região também é conhecida por concentrar boas energias e há quem acredite na ligação espiritual e com atividades de óvnis.

Veja mais informações sobre peso da bagagem, voltagem, taxas e aeroporto.
 

Fotos

A cachoeira Véu da Noiva e o Morro de São Jerônimo não podem faltar no roteiro. Além de trilhas e paradas para admirar as paisagens nos mirantes, a Chapada dos Guimarães é perfeita para quem quer praticar esportes radicais ou observação de aves. Prepare já sua viagem para conhecer esse paraíso nacional!

Para manter a segurança, é proibido se banhar nas águas da cachoeira Véu da Noiva, mas a vista do mirante já vale o passeio (Crédito: Thinkstock)
Chegar até o alto do Morro de São Jerônimo após uma longa caminhada é um dos momentos mais esperados (Crédito: Thinkstock)
 

Cidades próximas

Separamos informações sobre as principais cidades da região, Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Aproveite para encontrar a hospedagem ideal para o seu roteiro e conhecer as atrações culturais dessa região. 

Crédito: Reprodução/cuiaba.mt.gov.br

Cuiabá

A capital do Mato Grosso fica a cerca de 50 quilômetros de distância da entrada do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. É opção bem confortável para se hospedar, já que a cidade tem boa infraestrutura turística, abriga um aeroporto e é considerada a porta de entrada da Chapada dos Guimarães e da região norte do Pantanal. No tempo livre, conheça a Igreja da Nossa Senhora do Bom Despacho, famosa pela arquitetura gótica, o Museu do Morro da Caixa d’Água Velha, instalado nos aquedutos do antigo reservatório da cidade, e o Centro Geodésico da América do Sul, obelisco que marca a posição geográfica da cidade como o centro do continente sul-americano.

Crédito: Thinkstock

Chapada dos Guimarães

O munícipio de Chapada dos Guimarães também funciona como base para explorar as belezas naturais da região. Aproveite para economizar com hospedagem em pousadas e o acesso rápido ao parque nacional, que fica a apenas 15 minutos de carro. Durante sua estadia na cidade, aproveite para conhecer o comércio local e voltar para casa com souvenires artesanais. Outro ponto turístico é a Igreja de Nossa Senhora de Santana, que conserva o estilo barroco do século 18.

 

Atrações

A área ocupada pela chapada abriga cachoeiras, cavernas, mirantes, lagoas, trilhas e variadas formações rochosas. Inspire-se com nossas sugestões de o que fazer na Chapada dos Guimarães e programe já sua viagem!

Mirante do Véu da Noiva

A cachoeira Véu da Noiva nasce no rio Coxipó e é o principal cartão-postal da região. Aproveite para observar o verde contornado por paredões de arenito e a beleza da cachoeira, com 86 metros de altura. O mirante fica a poucos minutos da aérea de administração do parque e também conta com restaurante e lojinha. O melhor acesso é a pé, por uma trilha de 1 quilômetro de extensão, sendo 500 metros na ida e na volta.

Circuito das Cachoeiras

Prepare-se para se encantar com as quedas d’água que surgem uma atrás da outra ao longo do curso do rio Sete de Setembro. Esse tour, de cerca de seis quilômetros de extensão, passa por sete cachoeiras. O melhor do passeio é poder se banhar nas piscinas naturais – as mais famosas são as formadas nas cachoeiras da Prainha e das Andorinhas. Destaque também para as cachoeirasdo Pulo, da Geladeira e Sete de Setembro. É aconselhável se planejar com antecedência com a ajuda de guia e verificar quais estão liberadas para banho no período da visita. O percurso completo exige, em média, 6h de caminhada, mas o visual e a diversão na água compensam o esforço!

Cavernas

Um dos locais históricos do parque é a Casa de Pedra, caverna próxima a um córrego, famosa pela presença de desenhos rupestres. É possível acessá-la no caminho em direção ao Circuito das Cachoeiras. Aproveite para registrar fotos com a bela luz natural entre rochas e árvores. Já a caverna Kiogo Brado tem visual surpreendente, com paredes de arenito, caminhos estreitos e entrada gigante, com cerca de 30 metros de altura. Mas atenção: é importante verificar se as cavernas estão abertas para visitação na época da sua viagem, pois é comum haver estruturas muito frágeis e que exigem um menor número de visitantes.

Morro de São Jerônimo

Do alto dos cerca de 1000 metros de altitude do Morro de São Jerônimo você terá uma das melhores vistas da chapada e seu entorno. O visual presenteia os visitantes após uma longa caminhada, afinal, o trajeto completo tem 16 quilômetros, considerando ida e volta. Conte com a ajuda de um guia e considere passar por várias formações rochosas, como a Casa de Pedra, além de trechos de mata e subidas. A aventura também exige um longo tempo de exposição ao sol e pode ser considerada leve ou cansativa dependendo da sua experiência em trilhas.

Cidade de Pedra

Repleto de rochas com formatos curiosos, o local pode ser observado a partir de mirantes. As pedras lembram ruínas e se concentram em um desnível do solo, área habitada por araras vermelhas – a observação de aves também é uma das atividades procuradas pelos turistas! O local é acessível por estrada de terra, sentido Água Fria, na rodovia MT-020. A visita deve ser realizada com a companhia de guia e veículos 4x4.

Mirante Geodésico

O local está a cerca de 800 metros de altitude e é considerado o melhor ponto para ter uma visão ampla do encontro da Chapada dos Guimarães com as terras do Pantanal.  Fica a apenas oito quilômetros da cidade de Chapada dos Guimarães e pode ser acessado pela rodovia Emanuel Pinheiro, sentido Campo Verde. Com sorte, visite o local em dias de tempo aberto e com boa claridade para curtir uma vista ainda mais bonita!

 

Hotéis

De opções sofisticadas as mais simples, há hotéis e pousadas charmosas para todos os gostos e bolsos na Chapada dos Guimarães. Aproveite para relaxar em acomodações próximas à centros comerciais ou aposte em vista para os paredões naturais para se sentir ainda mais integrado à natureza!

Pousada Villa Guimarães

Os visitantes são recebidos com piscina, sacada nos quartos e café da manhã. As acomodações têm ar-condicionado, TV LCD, frigobar e cama box. A pousada fica no centro do município de Chapada dos Guimarães.

Pousada Neblina Da Chapada

Localizada na Chapada dos Guimarães, a pousada possui jardim, quadra de tênis, salão de jogos, cozinha compartilhada, estacionamento gratuito e serviço de quarto. As acomodações são equipadas com wi-fi gratuito.

Reserve agora seu hotel na Chapada dos Guimarães!

Pousada Bom Jardim

Situada no centro da Chapada dos Guimarães, a pousada dispõe de fácil acesso a bancos, supermercados, lojas, bares e restaurantes, assim como a Igreja de Santana e à praça central. Oferece café da manhã, internet wi-fi e estacionamento. Os quartos são equipados com ar-condicionado, TV e frigobar.

Reserve agora seu hotel na Chapada dos Guimarães!

Pousada Viva Eireli

Localizada no Bairro Bom Clima, a 800 metros do centro e a 4 quilômetros do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, a Pousada Viva Eireli oferece aos seus hóspedes piscina, bar de piscina, churrasqueira (somente com reserva e com consultar disponibilidade), área social, café da manhã, estacionamento e internet wi-fi. As acomodações contam com ar-condicionado, frigobar, TV por assinatura e armário.

Reserve agora seu hotel na Chapada dos Guimarães!

Malai Manso Resort Convention & Spa

Paisagem à parte, os hóspedes terão entretenimento garantido nos mais de 2.800m² de lamina de águas de piscinas do Malai, sendo parte delas aquecida. Seu tamanho e forma orgânica proporcionam diferentes ambientes para todos os públicos. No Malai a idéia também é proporcionar ao hóspede conforto e alternativas de lazer para todas as idades e perfis. Nada melhor do que água quente para um lazer completo envolvendo toda a família.

Reserve agora seu hotel na Chapada dos Guimarães!

 

Promoções

 

Observação: O conteúdo do texto acima é meramente informativo. A confirmação dos preços e informações sobre os serviços disponíveis são de responsabilidade das empresas mencionadas.

IMPORTANTE: O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais. Fica proibida a reprodução dos conteúdos - textos, figuras e gráficos - do Portal, salvo prévia autorização por escrito da CVC.

*Os valores dos pacotes apresentados nesta página podem variar de acordo com a cidade de origem. Selecione sua localização e confira o menor preço disponível para sua localidade. Todos os preços estão sujeitos à disponibilidade de lugares no ato da reserva. Os valores dos pacotes acima são o total do quarto dividido pela quantidade de passageiros (adulto ou criança ou bebê).