CVC - Viagens

Bem-vindo a CVC,

(sair)

 

Suíça: terra dos lagos, chocolates, queijos e relógios

Montanhas cobertas de neve, cidades rodeadas por lagos, a surpreendente vista dos Alpes, um dos melhores chocolates do mundo e uma eficiente infraestrutura urbana definem o que o turista encontrará em um dos países mais ricos da Europa. Referência em sofisticação graças às vitrines de lojas famosas, carros luxuosos e resorts requintados, é ótima opção para praticar esportes radicais, passar as férias perto da natureza e realizar passeios a bordo de trem, barco ou teleférico.

Crédito: Thinkstock  
quando ir

O inverno é o período mais atrativo, de dezembro a fevereiro, mas dá para encontrar neve o ano todo nos pontos de maior altitude. Já o verão, entre junho e setembro, proporciona passeios nas montanhas e nos parques, além de atividades de lazer em rios e lagos.

curiosidades

A Suíça possui mais de 1,5 mil lagos, além de rios e quedas d’água. O país também é endereço da estação de trem mais alta da Europa, a Jungfraujoch, localizada a 3.454 metros acima do nível do mar.

Veja mais informações sobre o idioma, moeda local, taxas, documentação, peso da bagagem e muito mais!
 

Fotos

Conhecida como o “centro da Europa”, por conta da fronteira com França, Alemanha e Itália, a Suíça é multicultural e repleta de belos cenários naturais formados por montanhas, parques, rios, lagos e a neve dos Alpes. Confira algumas imagens e conheça um dos países mais bonitos do continente europeu.

A capital da Suíça, Berna, abriga restaurantes às margens do rio Aare e é sinônimo de tranquilidade (Crédito: Thinkstock)
A Catedral São Nicolau, construída no século 15, é uma das principais atrações de Friburgo (Crédito: Thinkstock)
O estilo medieval de Friburgo é visível nas fachadas e nas charmosas pontes espalhadas pela cidade (Crédito: Thinkstock)
Vista panorâmica de Genebra, cidade repleta de lojas sofisticadas e opções de lazer no lago e em seu entorno (Crédito: Thinkstock)
O famoso monte Jungfrau, sempre coberto de neve, abriga a estação de trem mais alta da Europa (Crédito: Thinkstock)
O lago Genebra é muito utilizado para passeios de barco e também abriga um porto (Crédito: Thinkstock)
Cercada pelo lago Genebra, a catedral gótica de Lausanne é uma das referências arquitetônicas da Suíça (Crédito: Thinkstock)
Lucerna abriga um dos principais pontos turísticos suíços, a famosa ponte Chapel Bridge (Crédito: Thinkstock)
O lado italiano da Suíça brinda os visitantes com paisagens ensolaradas cercadas pelo lago Lugano (Crédito: Thinkstock)
A montanha Pilatus abriga um mirante com paisagens de tirar o fôlego (Crédito: Thinkstock)
Um mirante oferece vista privilegiada das Cataratas do Reno, as maiores da Europa (Crédito: Thinkstock)
É possível esquiar o ano todo em St. Moritz, área cercada por um vale que circunda lagos, neve e muito verde (Crédito: Thinkstock)
Vista noturna do rio Limmat, ao lado da catedral de Grossmünster e da Igreja de São Pedro (Crédito: Thinkstock)
Vista panorâmica da cidade de Zurique no inverno, quando a média de temperatura é de -3º (Crédito: Thinkstock)
Um dos destinos mais cosmopolitas da Suíça, Zurique une tradição e modernidade (Crédito: Thinkstock)
 

Principais cidades

A Suíça está cercada pelos Alpes e reúne montanhas e áreas verdes em meio à mistura de referências italianas, alemãs e francesas na cultura, na arquitetura e na culinária. Entre as principais cidades estão Zurique, Genebra, Berna, Friburgo, Lugano e Lucerna. Conheça cada uma delas com os pacotes para a Suíça da CVC e apaixone-se!

Crédito: Thinkstock

Zurique

É a cidade mais populosa da Suíça. Possui mais de 50 museus e galerias de arte, além de opções de passeios para o dia todo, entre casas noturnas e tours pelas águas do rio Limmat ou do lago Zurique. Na rua mais famosa, a Bahnhofstrasse, localizada entre a estação central de trem e o lago, há bancos, lojas de chocolates conceituados, vitrines de roupas e butiques de bolsas famosas. Conheça o centro antigo e os bairros com boas opções de gastronomia, compras, arte e cultura. Destaque para a região de Zurich West, passeio obrigatório para conhecer lojas descoladas e bares que agitam a vida noturna.

Crédito: Thinkstock

Lucerna

A cidade cresceu em torno de torres medievais, como a Water Tower, um dos locais mais fotografados. Cercada pelas águas do rio Reuss, a construção é anexa a outro famoso ponto turístico, a ponte de madeira Chapel Bridge - ou Kappelbrücke -, construída a mais de 600 anos. A região oferece passeios de barco, acesso às montanhas, restaurantes, boutiques, feiras de rua e importantes acervos, entre eles a coleção de arte do Museu Rossengart e as exposições do Museu de Transporte Suíço.

Crédito: Thinkstock

Berna

Considerada patrimônio mundial pela Unesco, Berna, a capital da Suíça, é cortada pelo rio Aare e apresenta construções em estilo medieval do século 18. Entre as atrações turísticas está a Torre do Relógio, o edifício Bundeshaus - sede do governo - e áreas verdes como o Parque dos Ursos e o Jardim Botânico. Aproveite a viagem e conheça a cidade vizinha, Interlaken, ideal para esquiar ou praticar alpinismo, já que fica aos pés de dois lagos e está cercada pelas famosas montanhas Eiger, Mönch e Jungfrau.

Crédito: Thinkstock

Genebra

A charmosa Genebra é uma das responsáveis pela fama dos relógios suíços, sinônimo de tecnologia e qualidade. O monumento Horloge Fleur é uma das atrações que remetem a este legado. Museus, teatros, catedrais, parques, a vista do maior pico da Europa, o Mont Blanc, e de outras montanhas em torno do lago Leman - também chamado de Genebra -, completam o cenário. O famoso chafariz Jet d’Eau e a sede europeia da ONU (Organização das Nações Unidas) são outros pontos marcantes na cidade.

Crédito: Thinkstock

Lausanne

Em menos de uma hora de trem, partindo de Genebra, surge Lausanne, às margens do lago Genebra. Paisagens formadas por barcos, trens, montanhas e vinhedos brindam os visitantes. Considerada parte francesa da Suíça, a cidade oferece atrações relacionadas ao mundo do esporte, como o Comitê Olímpico Internacional e o Museu Olímpico. O centro histórico apresenta boas opções de cafés, bares e restaurantes e preserva a arquitetura medieval em construções imponentes. Entre os destaques está a catedral de Notre-Dame.

Crédito: Thinkstock

Friburgo

O estilo medieval e a modernidade são as marcas de Friburgo. Cercada por natureza e pelo rio Saane, foi construída entre rochas e colinas interligadas, daí o apelido de “cidade das pontes”. O passeio em castelos ou museus pode ser intercalado com uma ida aos cafés de rua. A catedral do padroeiro São Nicolau e o Museu de Arte de Friburgo são alguns dos pontos turísticos. Outro destaque é a linha de trem funicular, com mais de 100 anos, que leva turistas até os lugares mais altos da região.

Crédito: Thinkstock

Lugano

Escolha a ensolarada Lugano para aproveitar o conforto de temperaturas amenas na região conhecida como a parte italiana da Suíça. Em uma parada rápida, passeie por restaurantes e cafés com mesas ao ar livre. Com mais tempo, navegue pelo lago Lugano, no entorno das montanhas Bré e San Salvatore. Nos montes há infraestrutura de teleférico e vista panorâmica para o lago Lugano, parques e vinícolas. A cidade é estratégica, pois está na rota de trem que dá acesso à Milão, na vizinha Itália.

Crédito: Thinkstock

St. Moritz

A pista de esqui de St. Moritz está na lista das mais famosas do mundo. Cercada pelos Alpes, a região funciona com um resort, com opções de esportes e lazer para qualquer estação do ano. No inverno, a área oferece 350 quilômetros para esquiar. No verão, a neve dá lugar a vales ensolarados, trilhas para bicicleta e fontes de águas termais - as mais elevadas da Suíça. Paisagens incríveis, gastronomia sofisticada e opções de compras em boutiques conceituadas são outros diferenciais.

 

Pontos turísticos

A natureza sempre presente, a tradição em produtos de luxo e os pontos turísticos históricos da Suíça rendem atrativos para todos os gostos. Agitados circuitos culturais, confortáveis passeios de trem, roteiros em castelos e tours de compras são algumas das possibilidades. Confira passagens para a Suíça e boa viagem!

Crédito: photopress/jungfrau

Jungfraujoch

Conhecida como ‘o topo da Europa’, a estação de trem Jungfraujoch, com 3,4 mil metros de altitude, é a mais alta do continente e mantém um mirante com vista incrível para as montanhas cobertas de neve e a geleira Aletsch. O local também abriga um restaurante, as esculturas do Palácio de Gelo e uma loja de chocolates da marca Lindt, a mais alta do mundo! A linha de trem está próxima de Interlaken e Berna. O passeio completo dura, em média, seis horas, considerando o trecho de ida e volta.

ENDEREÇO: Jungfrau Railways | Harderstrasse 14 | 3800 Interlaken

Crédito: Thinkstock

Trens Panorâmicos

O sistema suíço de transporte ferroviário cruza o país inteiro e é um dos meios de transporte mais utilizados por moradores e turistas. Entre as diversas rotas disponíveis, há linhas de trens panorâmicos como Glacier Express, Bernina Express, Golden Pass Line e Wihelm Tell Express. Esta modalidade permite conhecer diversos lugares em uma única viagem, tudo muito confortável e com serviço de bordo especial.
SBB (Swiss Travel System) 

Crédito: weiherschloss.com

Schloss Bottmingen

O castelo Schloss Bottmingen é um dos vários palácios localizados nas margens de lagos e rios da Suíça. Construída entre os séculos 14 e 16, a propriedade já passou por várias reformas e, atualmente, abriga um elegante restaurante. Entre os destaques está a culinária refinada e a extensa carta de vinhos.

ENDEREÇO: Schlossgasse, 9 | 4103 Bottmingen

Crédito: Thinkstock

Terra dos Chocolates

O chocolate suíço conquistou o mundo inteiro. O leite natural da região de Gruyères e a técnica de condensação criada na região são responsáveis pela fama dos chocolates Nestlé, por exemplo, com sede na cidade de Broc. Outros fabricantes de renome estão na Suíça, como Alprose, Maestrini e a marca Lindt. Parar em uma loja e provar estas iguarias é obrigação de todo turista que passa pelo país.

Crédito: Thinkstock

Queijos suíços

A fábrica de queijos gruyere, instalada na cidade de mesmo nome, abre suas portas para visitas. É possível conhecer todas as fases da produção deste produto feito com leite natural da região desde a época medieval. O queijo também está entre os itens suíços mais nobres, além dos relógios e chocolates. Explore ainda mais este universo e prolongue o passeio até o sudoeste de Berna, região rural que deu origem ao queijo emmental.

Crédito: photopress/jungfrau

Mirantes

Na cidade de Interlaken, o topo da montanha Schilthorn é um dos pontos mais atrativos para apreciar vistas espetaculares. Além de curtir a paisagem no mirante, você pode almoçar ou fazer um lanche rápido no famoso Piz Gloria, restaurante giratório que oferece vista de 360º. Já na montanha Harder Kulm, o funicular te leva até um restaurante com vista panorâmica da montanha Jungfrau. O parque alpino de animais selvagens fica bem próximo e costuma ser adorado pelas crianças.

Crédito: Thinkstock

Rua Bahnhofstrasse

O endereço é a principal zona comercial de Zurique, cidade mais populosa da Suíça. Shoppings, grifes como Bulgari, Giorgio Armani, Louis Vitton e Prada, além de lojas de joias, relógios, canivetes e chocolates são as principais atrações. A rua Bahnhofstrasse fica entre as praças Bahnhofplatz e Burkliplatz e se estende até o lago Zurique.

Crédito: myswitzerland.com

Cavernas St. Beatus

Na região de Interlaken, próximo do lago Thun, há outra surpresa da natureza. As Cavernas de St. Beatus, alvos de lendas de dragões, brindam os viajantes com cachoeiras, visual das montanhas e um museu. As grutas são iluminadas e possuem trechos bem acessíveis. O percurso é de um quilômetro. Depois de caminhar, faça uma parada no restaurante local.

ENDEREÇO: Beatenberg, 3800 | Beatushöhlen

Crédito: myswitzerland.com

Museu Nacional Suíço

Além de obras sobre a história e a cultura do país, o Museu Nacional Suíço oferece exposições e eventos relacionados às transformações de todo o continente europeu. O acervo é dividido em vários prédios: como o castelo Château de Prangins, o Landesmuseum Zürich, o Forum Schweizer Geschichte Schwyz e o The Collection Centre, aberto apenas para visitas agendadas.

ENDEREÇO: Museumstrasse, 2 | 8001 Zurique

Crédito: myswitzerland.com

Museu de Arte e História

O Museu de Arte e História, um dos mais influentes da Suíça, está localizado na cidade de Genebra, em uma construção do século 19. O acervo abrange objetos de arte e artesanato do país e de toda a Europa desde a pré-história até a Idade Moderna. Exposições temporárias, permanentes e coleções de antiguidades egípcias são alguns dos destaques.

ENDEREÇO: Rue Charles-Galland, 2 | 1206 Genebra 

Crédito: utokulm.com

Monte Uetliberg

Para conhecer Zurique do alto, vale subir o monte Uetliberg, famoso destino de férias. É um dos locais mais cobiçados da região e proporciona vista da cidade, dos Alpes e do lago Zurique. Você pode fazer trilha e andar de bicicleta nos dias quentes ou passear de trenó no inverno. O trajeto de trem somado a 20 minutos de caminhada leva ao topo da montanha, a 871 metros acima do nível do mar.

ENDEREÇO: Uetliberg, 8143 | Zurique

Crédito: Thinkstock

Cataratas do Reno

Outra atração de Zurique é a maior cachoeira da Europa, conhecida como as Cataratas do rio Reno. Elevadores panorâmicos e trilhas levam até o mirante. É possível navegar de canoa, caiaque ou barco, além de conhecer castelos do entorno. No verão, a região recebe muitos mergulhadores. Também há restaurantes, SPA, solários e acampamentos com piscinas ao longo do rio.

ENDEREÇO: Rheinfallquai 32 | 8212 Neuhausen am Rheinfall 

Crédito: Thinkstock

Montes Pilatus e Rigi

Grande parte das atividades de lazer de Lucerna gira em torno das montanhas Pilatus e Rigi, acessíveis pela linha férrea ou teleférico. Em Pilatus há trilhas de caminhada e alpinismo, além de pistas de esqui. Já no Rigi, apreciar o nascer do sol e a vista do lago Lucerna é passeio obrigatório.

 

Hotéis

Aproveite a vista panorâmica proporcionada por boa parte dos hotéis na Suíça. Você pode usufruir de qualquer destino com a tranquilidade de encontrar acomodações com ótima infraestrutura e proximidade com opções de transporte público.

Grand Hotel Eden

Imagine poder aproveitar a vista do terraço, piscina coberta, academia e sauna durante a viagem. Tudo isso faz parte da infraestrutura do Grand Hotel Eden. Entre outros serviços há bar, room service 24h, traslados, business center, entre outras comodidades. Além do bom atendimento nos três restaurantes, você pode observar a vista do lago Lugano enquanto faz as refeições. Possui estacionamento e internet wi-fi gratuita.

Reserve seu hotel na Suíça!

NH Geneva Airport

Dono de arquitetura inovadora, em formato arrendodado, o hotel fica anexo ao aeroporto de Genebra. Nas redondezas há um bonde, ótimo para circular entre a cidade, a área comercial e o lago local em um trajeto de cerca de 10 minutos. Depois dos passeios, você pode saborear especialidades da gastronomia internacional no restaurante ou usufruir do internet wi-fi gratuita, café bar, sauna e fitness center.

Reserve seu hotel na Suíça!

Novotel Bern Expo

Localizado em frente ao centro de exposições de mesmo nome, o hotel garante acesso rápido ao centro antigo, assim como a estádios, espaços culturais e campo de golfe situados nos arredores. Uma linha de bonde elétrico passa em frente a propriedade. Restaurante, estacionamento, fitness center e salas de reunião estão entre as facilidades. Há ainda internet wi-fi gratuita, café da manhã e quartos com TV, minibar, ar-condicionado e telefone.

Reserve seu hotel na Suíça!

Hotel Ramada Encore

Os apartamentos do Hotel Ramada Encore, possuem ar-condicionado, internet rápida, cofre eletrônico, TV a cabo e banheiro com secador de cabelo. Situado a poucos minutos da estação de trem Genebra-Cornavin, oferece diversas opções de passeios, afinal, está próximo de locais como o Estádio de Genebra e o shopping La Praille, com lojas e restaurantes. Por conta da praticidade, o hotel se adequa bem a viagens de negócios ou tours do tipo bate-volta.

Reserve seu hotel na Suíça!

 

Promoções

 

Observação: O conteúdo do texto acima é meramente informativo. A confirmação dos preços e informações sobre os serviços disponíveis são de responsabilidade das empresas mencionadas.

IMPORTANTE: O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais. Fica proibida a reprodução dos conteúdos - textos, figuras e gráficos - do Portal, salvo prévia autorização por escrito da CVC.

*Os valores dos pacotes apresentados nesta página podem variar de acordo com a cidade de origem. Selecione sua localização e confira o menor preço disponível para sua localidade. Todos os preços estão sujeitos à disponibilidade de lugares no ato da reserva. Os valores dos pacotes acima são o total do quarto dividido pela quantidade de passageiros (adulto ou criança ou bebê).