CVC - Viagens

Bem-vindo a CVC,

(sair)

 

Descubra as mil faces de Bangcoc, a capital da Tailândia

Bangcoc é a maior prova que uma cidade pode ser conservadora e moderna ao mesmo tempo. Admire a beleza de templos centenários dividindo espaço com arranha-céus altíssimos. Originalmente um centro mercantil, a capital da Tailândia ainda tem as atividades comerciais enraizadas no seu dia a dia – e é nos mercados flutuantes que você vive uma experiência totalmente diferente, navegando entre os estandes em canoas tradicionais.

Aventure-se com a apimentada comida tailandesa e conheça a região a bordo dos famosos triciclos motorizados. Assista a uma luta de muay-thai nas grandes arenas da cidade, onde a paixão por esse esporte contagia a todos!

Crédito: Thinkstock  
quando ir

A melhor época para visitar a cidade é entre outubro e maio, por ter menos chuvas. De maio até outubro, chove com muita frequência.

curiosidades

Bangcoc é o nome da antiga região onde ficava a capital. A área atual se chama Krung Thep, na versão abreviada. Seu nome original é Krung Thep Mahanakhon Amon Rattanakosin Mahinthara Ayuthaya Mahadilok Phop Noppharat Ratchathani Burirom Udomratchaniwet Mahasathan Amon Piman Awatan Sathit Sakkathattiya Witsanukam Prasit.

Veja mais informações sobre o idioma, moeda local, taxas, documentação, peso da bagagem e muito mais!
 

Fotos

Em toda a cidade de Bangcoc, é possível reparar no contraste entre o moderno e o antigo. A arquitetura tradicional tailandesa é impressionante, sendo muitos dos templos revestidos com ouro. Compre sua passagem para Bangcoc e confira de perto esses tesouros!

Considerados guardiões dos templos budistas na Tailândia, os Yakshas aparecem na arquitetura local desde o século 14 (Crédito: Thinkstock)
O Grande Palácio tem mais de 200 anos, com diferentes estilos arquitetônicos aplicados pelo governante de cada época (Crédito: Thinkstock)
Pequenas estátuas de Hanuman também decoram os templos, simbolizando a devoção máxima no budismo (Crédito: Thinkstock)
Templos de Bangcoc possuem inúmeros detalhes em ouro e pedras preciosas (Crédito: Thinkstock)
Na mitologia budista, os Garudas são aves humanoides gigantescas (Crédito: Thinkstock)
Grandes estátuas de ouro de Kinnara, outra figura da mitologia budista, fazem parte da arquitetura do templo Wat Phra Kaew (Crédito: Thinkstock)
O templo budista mais importante da Tailândia é o Wat Phra Kaew, em Bangcoc (Crédito: Thinkstock)
O templo Wat Pho abriga o maior buda reclinado do mundo, com mais de 40m de comprimento e 15 de altura (Crédito: Thinkstock)
Templos em Bangcoc são extremamente detalhados com adornos coloridos (Crédito: Thinkstock)
Vista noturna do templo Wat Ratchanadda, também conhecido como Loha Prasat (Crédito: Thinkstock)
De longe é possível avistar o contraste de Bangcoc, com templos centenários e prédios modernos (Crédito: Thinkstock)
Vista noturna do templo Wat Arun, a partir do rio Chao Phraya (Crédito: Thinkstock)
Tuk-tuks são um ótimo meio de transporte nos horários de pico. Mas dê preferência a condutores recomendados (Crédito: Thinkstock)
Durante o dia, Silom é o centro financeiro da cidade. À noite, restaurantes, bares e discotecas são os programas preferidos (Crédito: Thinkstock)
A estrada Sukhumvit, a mais longa da Tailândia, leva o mesmo nome deste movimentado bairro de Bangcoc (Crédito: Thinkstock)
O Skytrain ajuda a desafogar o trânsito caótico de Bangcoc, transportando pessoas em trilhos elevados (Crédito: Thinkstock)
A rua Khao San Road é sucesso entre os mochileiros, por abrigar pequenos hotéis, hostels e bares com mesas nas calçadas (Crédito: Thinkstock)
Mercados flutuantes são uma opção interessante de passeio em Bangcoc (Crédito: Thinkstock)
Apesar de ter refinadas casas de gastronomia, a comida de maior sucesso em Bangcoc é a servida nas ruas (Crédito: Thinkstock)
Vista aérea da cidade, com destaque para o rio Chao Phraya (Crédito: Thinkstock)
Templo Wat Traimit fica no fim da Yaowarat Road, em Chinatown (Crédito: Thinkstock)
Considerada a maior estátua em ouro maciço de Buda no mundo, o Buda de Ouro é uma das atrações do templo Wat Traimit (Crédito: Thinkstock)
 

Principais atrações

Não faltarão atividades durante sua viagem a Bangcoc. O destino reserva atrações para todos os gostos, das visitas aos sofisticados templos budistas centenários, aos simples passeios de barco por regiões de comércio local. Garanta agora seu pacote para a Tailândia!

Crédito: Thinkstock

Grande Palácio

Apesar de a família real da Tailândia não habitar mais o palácio, o complexo de edifícios recebe eventos governamentais e religiosos. Dentro dele, o templo Wat Phra Kaew abriga o Buda de Esmeralda, símbolo budista mais importante do país – por isso, atente-se às regras de vestimenta do local: não vá de regatas, saia curta, etc. Nas ruas próximas, dispense "abordagens simpáticas": oportunistas dizem que o local está fechado e induzem turistas a comprar passeios não muito confiáveis.

ENDEREÇO: Na Phra Lan Road, Old City

Crédito: Thinkstock

Templos

Quase toda a Tailândia é budista. Assim, é comum encontrar dezenas de templos (wats) em Bangcoc, com arquitetura e decoração tão ricas que já valem a visita. Os principais são o Wat Arun, Wat Phra Kaew, Wat Traimit e Wat Pho, todos com entrada paga. Visite os templos de manhã, quando o ambiente é mais fresco e vazio. Por serem locais sagrados, valem recomendações básicas: verifique as regras de vestimenta de cada templo, retire seus sapatos antes de entrar e não toque nas imagens dos budas.

Crédito: Thinkstock

Mercado flutuante de Damnoen Saduak

No mercado flutuante de Damnoen Saduak, a dica é dar uma volta de barco no canal Khlong, margeado por esse curioso comércio, onde você encontra alimentos, refeições prontas e suvenires. Os produtos estão dispostos em canoas, operadas por comerciantes com tradicionais chapéus de palha. Localizado a 90 quilômetros de Bangcoc, na província de Ratchaburi, o local recebe muitos turistas, o que faz com que seus preços não sejam dos melhores. Mas com certeza vale o passeio!

ENDEREÇO: província de Ratchaburi

Crédito: Reprodução / bangkok.com

Mercado de Chatuchak

Mais de 8.000 estandes espalhados por uma área de mais de 140.000 metros quadrados. Este é o maior mercado da Tailândia e um dos maiores do mundo, onde você encontra roupas, acessórios, artesanato, cerâmica, suvenires, alimentos, artigos decorativos, livros, antiguidades e muitos outros. Pelo status turístico que o local tem recebido, ele não oferece os melhores preços. Ainda assim, valem as barganhas e a curiosidade de conhecer um dos ícones do comércio tailandês.

ENDEREÇO: ao lado da estação do metrô Kamphaengpecth

Crédito: Thinkstock

Chinatown

A Yaowarat Road e suas vias transversais, região conhecida como Chinatown, começam a funcionar de manhã e só param de madrugada, com dois tipos de visitantes bem definidos. Durante o dia, chegam aqueles que querem fazer compras - lojas de ouro, de produtos medicinais chineses e de tudo mais que você imaginar está aqui. À noite, enquanto grandes placas de neon iluminam as vias, a vez é das barracas de comida de rua, quedominam as calçadas com clientes ávidos por gastronomia variada e bons preços. Restaurantes e bares sofisticados completam as opções de gastronomia e entretenimento.

Crédito: Thinkstock

Tuk-tuk

O crescimento urbano desorganizado de Bangcoc transformou o trânsito da capital do país em um dos piores do mundo. Nos horários de pico, é uma ótima ideia usar esses barulhentos triciclos motorizados, conhecidos na Tailândia como tuk-tuks. Mais baratos que taxis, eles costumam se locomover mais rapidamente entre os carros – e representam uma experiência autêntica tailandesa para sua viagem! Prefira condutores recomendados, pois, assim como no Grande Palácio, motoristas oportunistas acabam alterando o roteiro combinado e induzindo turistas a fazer compras em lojas de joias.

Crédito: Reprodução / muaythailumpinee.net

Estádio Lumpinee

O boxe tailandês, popularizado mundialmente como muay thai e considerado o esporte oficial do país, faz tanto sucesso na Tailândia quanto o futebol no Brasil. Por isso, assistir a uma luta no Estádio Lumpinee é mergulhar na paixão dos tailandeses por essa arte marcial milenar. Os autênticos e antigos rituais que envolvem o combate, realizados antes e depois das lutas, dão ar místico ao espetáculo.

ENDEREÇO: Nº 6, Ramintra Road, Anusawaree

Crédito: Thinkstock

Phuket

Um verdadeiro paraíso tropical. Esta é Phuket, com praias magníficas e alguns dos hotéis mais luxuosos da Tailândia e uma das paradas obrigatórias para quem viaja à Tailândia. Possui mais de 15 praias consideradas algumas das melhores do mundo: Patong Beach é mais agitada, com infraestrutura de bares e esportes aquáticos; Nai ThonKamala e Hat Karon, mais tranquilas. Confira seu pacote para Phuket

 

Hospedagem

Bangcoc oferece incríveis opções de hotéis com atendimento de primeira linha, inclusive com serviço de massagem, tão tradicional na Tailândia – e que não possui conotação sexual. Para sua praticidade, a maioria possui restaurantes no próprio estabelecimento. Escolha já seu hotel em Bangcoc!

Arnoma Hotel Bangkok

A vantagem de se hospedar aqui é a proximidade de shoppings e do Skytrain de Bangcoc, que facilita o transporte pela cidade. O hotel oferece piscinas, academia, sauna e terraço, além de restaurantes para sua comodidade. Você tem à disposição nos quartos TV a cabo, ar-condicionado, cofre e geladeira.

Reserve hoje mesmo seu hotel em Bangcoc

Holiday Inn Bangkok

O estabelecimento fica a cerca de 30 quilômetros do aeroporto internacional da cidade. Na área de lazer, você encontra sauna, piscina, academia e spa. As acomodações são equipadas com som ambiente, telefone, cafeteira e TV a cabo. A internet é cobrada à parte. Aproveite a praticidade de se hospedar próximo ao Central World Plaza.

Reserve já seu hotel em Bangcoc!

Grand Hyatt Erawan Bangkok

Localizado a apenas cinco minutos do santuário Erawan Shrine, bem no centro de Bangcoc, todo o hotel dispõe de internet wi-fi gratuita. Você pode relaxar na piscina, sauna e spa, além de experimentar drinks no bar e receitas da cozinha tailandesa no restaurante local. Nos quartos, você encontra minibar, máquina de café, telefone, TV a cabo e escrivaninha.

Reserve agora seu hotel em Bangcoc!

Holiday Inn Silom Bangkok

O Skytrain fica a cinco minutos deste hotel, enquanto o aeroporto internacional está a 45 minutos. A área de lazer tem quadra de tênis, academia, serviço de massagem, piscina e hidromassagem. Nos quartos, você tem à disposição cofre, TV a cabo, telefone e ar-condicionado. O acesso à internet wi-fi é grátis em todo o hotel.

Reserve ainda hoje seu hotel em Bangcoc

Anantara Bangkok Sathorn

O hotel está no centro financeiro de Bangcoc, próximo ao aeroporto. Possui piscina, terraço, quadra de tênis, sauna e academia, além de restaurantes, bar e internet wi-fi gratuita. No quarto você encontra ar-condicionado, minibar, varanda, TV a cabo, cofre, secador de cabelo, roupão e entrega diária de jornal.

Reserve seu hotel agora em Bangcoc

 

Diferenciais

  • Transporte

    Veículo privativo durante os passeios e traslados

  • Apoio

    Guias em espanhol treinados para prestar o melhor atendimento

  • Praticidade

    Opção de adquirir todos os serviços no Brasil, pagando em reais

  • Grande oferta de hotéis e serviços

    Monte a viagem de acordo com a sua vontade

  • Variedade de passeios

    Opções de atividades com o melhor custo-benefício

  • Suporte

    Equipe treinada para prestar a melhor assistência

 

Promoções

 

Observação: O conteúdo do texto acima é meramente informativo. A confirmação dos preços e informações sobre os serviços disponíveis são de responsabilidade das empresas mencionadas.

IMPORTANTE: O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais. Fica proibida a reprodução dos conteúdos - textos, figuras e gráficos - do Portal, salvo prévia autorização por escrito da CVC.

*Os valores dos pacotes apresentados nesta página podem variar de acordo com a cidade de origem. Selecione sua localização e confira o menor preço disponível para sua localidade. Todos os preços estão sujeitos à disponibilidade de lugares no ato da reserva. Os valores dos pacotes acima são o total do quarto dividido pela quantidade de passageiros (adulto ou criança ou bebê).