Publicado em 10/09/2014 | Atualizado em 24/08/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Conheça os cenotes mais bonitos do México

Água cristalina dos cenotes mexicanos atraem turistas do mundo todo. (Crédito: Thinkstock)

Grutas e cavernas cheias de água cristalina – e gelada – oriundas das chuvas e dos lençóis freáticos formam alguns dos principais pontos turísticos do México. Chamadas de cenotes, muitas destas formações geológicas estão localizadas bem pertinho de Cancún e Riviera Maya, excelente alternativa de passeio na região.

É o caso do Cenote Sagrado, do Gran Cenote, do Ik Kil e do Dos Ojos, os mais concorridos. E isso não acontece por acaso. Além de serem excelentes para a prática de mergulho e renderem fotos incríveis, estes locais estão rodeados de história.

Enquanto alguns eram utilizados pelos maias como meio de sobrevivência, outros eram considerados sagrados e uma espécie de ligação entre o mundo dos vivos e dos mortos.

A junção de paisagens cinematográficas com uma pitada de mistério torna este tipo de passeio obrigatório aos amantes de aventura. Confira informações sobre os principais cenotes mexicanos e escolha quais farão parte do itinerário da sua próxima viagem!

Cenote Ik Kil tem piscina natural com mais de 40 metros de profundidade. (Crédito: Thinkstock)

Ik Kil

Dono de uma piscina natural de 40 metros de profundidade e considerado um dos mais bonitos de Yucatan, o cenote Ik Kil já recebeu a competição Red Bull Cliff Diving (salto ornamental de penhasco).

Fique tranquilo caso você não saiba nadar ou mergulhar. O local disponibiliza coletes de todos os tamanhos. Só não vale ficar com medo de passar frio, pois a água é gelada. Muito gelada!

Chegue cedo para não precisar disputar espaço – quanto mais tarde, mais turistas. Aproveite o dia e conheça também as pirâmides de Chichen Itza, que estão a poucos minutos de distância.

 

Dos Ojos

Próximo a Tulum, o cenote Dos Ojos recebeu este nome graças aos dois cenotes circulares que o formam. O local é perfeito para mergulho.

Gran Cenote

Localizado a alguns quilômetros de Tulum, o Gran Cenote possui duas aberturas e, assim como os demais, tem águas frias e cristalinas. Programe-se para fazer snorkel e aproveitar o visual dos 10 metros de profundidade. Há ainda estalagmites e estalactites por todos os lados.

Cenote Sagrado

Acredita-se que o Cenote Sagrado, um dos mais famosos da região, era utilizado pelos maias como local de descarte de corpos de vítimas de sacrifícios humanos. Fechado para pesquisa há mais de 40 anos, o local ainda atrai interessados em conhecer de perto o poço de 65 metros de diâmetro.

Gran Cenote é perfeito para a prática de snorkel. (Crédito: Thinkstock)

 

Luz do sol entra por pequena abertura no cenote Xkeken. (Crédito: Thinkstock)

Cenote Xkeken

Também chamado de Dzitnup, o cenote Xkeken tem como marca registrada uma pequena abertura por onde entra a luz do sol, deixando o cenário ainda mais encantador. As águas são profundas e repletas de peixes.

Cenote Zaci

O cenote Zaci fica ao ar livre e serve de abrigo para centena de aves. Visto do alto, a água apresenta uma coloração esverdeada muito forte, mas de perto é possível perceber a transparência inconfundível.

 

 

dica anterior
Embarque na diversão da Oktoberfest

próxima dica
Conheça os 21 cânions mais incríveis do mundo