Publicado em 17/06/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Confira 14 cidades históricas pelo Brasil para visitar na sua próxima viagem

Recife é uma das mais antigas cidades do país e atrai amantes de arte e cultura e arquitetura (Crédito: Divulgação CVC)

O Brasil tem diversas cidades históricas que te ajudam a entender acontecimentos políticos e até mesmo a conhecer de perto detalhes da colonização. Descobrir o que há de melhor na nossa cultura é fácil e, na maior parte das vezes, une paisagens exuberantes e preços baixos.

Preparamos uma lista de destinos que preservam arquitetura colonial, obras de arte e o legado de um rico passado, como Ouro Preto, Porto Seguro, Olinda, Brasília, Paraty, Petrópolis e Tiradentes. Nestas cidades você encontra atrações como museus, trilhas ecológicas, festas populares, praias e belas paisagens que encantaram portugueses e muitos outros imigrantes que ali deixaram suas marcas. Confira!

Paraty - Rio de Janeiro

Verdadeiro refúgio entre São Paulo e Rio de Janeiro, Paraty é cercada pela Mata Atlântica e praias, mas chama a atenção mesmo pelos eventos culturais e o rico centro histórico, tombado como patrimônio histórico nacional. A cidade começou a se desenvolver no século 17 e já fez parte da rota de transporte de ouro e pedras preciosas. Conheça igrejas, centros de artes e a famosa Estrada Real, assim como lojas e restaurantes espalhados pelas ruas seculares de pedra.

O Museu Imperial, em Petrópolis, é um dos museus mais visitados do país (Crédito: João Prudente/Pulsar Imagens)

Petrópolis - Rio de Janeiro

Endereço da família real portuguesa em uma região de clima serrano, Petrópolis tem sua história influenciada pelas colonizações portuguesa e alemã, assim como a presença de outros imigrantes em busca de trabalho, como franceses, ingleses e italianos. Desde a fundação, no século 19, ganhou prestígio como Cidade Imperial. Visite atrações como o Museu Imperial, o Museu Casa de Santos Dumont e o Palácio de Cristal..

Ouro Preto - Minas Gerais

A arquitetura barroca é o grande destaque de Ouro Preto , tombada como patrimônio cultural da humanidade. A cidade foi palco de importantes manifestações populares, como Inconfidência Mineira. Durante a visita, conheça esculturas de Aleijadinho e a Praça Tiradentes, onde está instalado o Museu da Inconfidência. As fachadas bem preservadas, construídas no período da mineração, rendem verdadeira viagem no tempo. Explore ladeiras e outros pontos turísticos, como a Igreja São Francisco de Assis e o Teatro Municipal de Ouro Preto.

Tiradentes é repleta de ladeiras e construções do século 18, como a Igreja Matriz de Santo Antônio (Crédito: Thinkstock)

Tiradentes, Mariana e São João del Rei - Minas Gerais

Além das famosas Belo Horizonte e Ouro Preto, há vários outros tesouros culturais espalhados pelas cidades históricas mineiras. Explore o município de Mariana, datado do século 17 e primeira capital do estado. Por lá, você conhece construções tombadas como patrimônio histórico, entre elas os sobrados da rua Direita e a Catedral de Nossa Senhora da Assunção. Já em São João del Rei, que já foi considerada a Capital Brasileira da Cultura, o destaque são as igrejas com arquitetura do século 18. Em Tiradentes, programe alguns dias do roteiro para conhecer museus e igrejas com a típica arquitetura barroca ou aventure-se em passeios de charrete e maria-fumaça.

São Luiz do Paraitinga - São Paulo

Localizada a cerca de duas horas da capital paulista, São Luiz do Paraitinga enriqueceu com a produção de café e preserva em seu centro histórico várias construções desse período. Conheça importantes monumentos e espaços públicos, como a Praça da Matriz, o Mercado Municipal e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário. A cidade também rende trilhas pela Serra do Mar e recebe especial atenção durante o Carnaval, com tradicionais blocos de rua. Na Páscoa, aproveite a Festa do Divino Espírito Santo. Outra boa pedida é conhecer os pratos típicos e os alimentos frescos produzidos na zona rural do município.

Vila de Paranapiacaba - São Paulo

Marcada pela presença da estrada de ferro construída no século 19, Paranapiacaba era ponto de passagem entre a Serra do Mar e o trecho urbano onde hoje está a região do ABC. A vila serviu de moradia para os envolvidos na obra da primeira ferrovia de São Paulo e recebeu grande influência cultural e tecnológica trazida pelos ingleses. Conheça o belo visual do alto da serra e aproveite para explorar a área com passeios de maria-fumaça, trilhas, banhos na nascente do rio Grande (dependendo da época do ano) e eventos que unem música e gastronomia (como o Festival de Inverno), além de visita a museus, como o Castelinho, antiga residência do engenheiro chefe da estrada férrea.

Campo Grande está perto de uma das poucas linhas de trem ativas no país (Crédito:Cassandra Cury/Pulsar Imagens)

Campo Grande - Mato Grosso do Sul

Uma boa pedida para conhecer o Centro-Oeste brasileiro é incluir Campo Grande no roteiro. A cidade abriga um complexo ferroviário tombado como patrimônio histórico, onde estão preservadas casas de antigos operários e a estação de trem, fundada em 1914. Inspire-se com a história local e programe passeio no Trem do Pantanal. O trajeto começa nas cidades próximas de Miranda e Aquidauana e conta com belas paisagens. Há ainda atrações como o Parque das Nações e o Memorial da Cultura Indígena. Partindo da capital do estado, você pode aproveitar para explorar o Pantanal.

Brasília - Distríto Federal

Com visual diferente do estilo barroco, comum na maior parte das cidades históricas brasileiras, Brasília se destaca pela arquitetura moderna e planejada, fruto do projeto inovador do então presidente Juscelino Kubitschek e do renomado arquiteto Oscar Niemeyer. Os traços arquitetônicos e o traçado urbano do século 20 renderam à cidade o título de patrimônio mundial pela Unesco. Aproveite para conhecer monumentos, esculturas e espaços públicos que representam a arquitetura e a arte brasileira dos anos 60. Destaque para o Museu Histórico de Brasília, o Congresso Nacional, o Teatro Nacional e o Centro Cultural Banco do Brasil.

Porto Seguro une praias e história, entre igrejas, fortes e vilas da época da colonização (Crédito: Divulgação CVC)

Porto Seguro - Bahia

É possível unir tranquilidade e diversão em Porto Seguro com roteiro rico em cultura. Além de praias, o destino também tem grande importância para a história nacional. A cidade é tombada como patrimônio histórico e abriga ladeiras, escadarias, vilas jesuítas e ruínas datadas do período colonial. O Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal preserva a primeira região avistada pelos portugueses em 1500. Aproveite para explorar as construções do centro histórico, as vilas Arraial d’Ajuda e Trancoso, além dos mais de 80 quilômetros de praias.

Recife e Olinda - Pernambuco

Diversão e arquitetura do século 17 fazem de Olinda um dos destinos mais dinâmicos do Nordeste. A cidade é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco e conserva edifícios históricos e construções religiosas da época colonial, como o Convento e Igreja de Nossa Senhora do Carmo e o Convento de São Francisco. A poucos minutos de Olinda está a capital do estado, Recife, onde também há conjuntos arquitetônicos e monumentos religiosos tombados. Recife é um dos municípios mais antigos do país e recebeu influência de holandeses. Visite o Recife Antigo, área que concentra boa parte dos palacetes coloniais. Estique o passeio até a Embaixada dos Bonecos Gigantes e confira também o Instituto Ricardo Brennand, um dos museus mais visitados do Brasil.

O Pelourinho, em Salvador, tem arquitetura portuguesa e é um símbolo da história nacional (Crédito: Divulgação CVC)

Salvador - Bahia

Além de ser destino certo para curtir calor, sol e diversão, Salvador abriga centro histórico tombado como patrimônio cultural da humanidade. A cidade, que oferece mais de 50 quilômetros de praias, foi a primeira capital do país e preserva inúmeros monumentos históricos de arquitetura religiosa e militar, somando cerca de três mil edifícios. Conheça o Largo do Pelourinho, exemplo de traçado urbano de origem portuguesa, a popular Igreja de Nosso Senhor do Bonfim e o Elevador Lacerda, construído no século 19 e utilizado como meio de transporte até se tornar cartão-postal da cidade. Visite também o Museu de Música Brasileira e conheça a vista do mar do alto do Farol da Barra. Some a isso as festas religiosas e a animação do Carnaval.

 

dica anterior
Bagagens: o que fazer em caso de perda?

próxima dica
Onde ficar em Orlando