Publicado em 22/12/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Confira as 5 melhores trilhas no Rio de Janeiro e prepare-se para a aventura!

No nosso segundo post sobre trilhas, separamos quatro opções de caminhadas pela Cidade Maravilhosa e uma em Niterói, com natureza exuberante e visuais de tirar o fôlego! O verão é uma ótima época para fazer trilhas, já que os dias claros rendem fotografias espetaculares. Só comece a caminhada bem cedo para fugir do sol mais forte.

Por isso, prepare seu tênis, sua garrafinha de água e seu espírito aventureiro! Algumas das trilhas de nossa lista são leves e outras mais pesadas, mas em todas existe uma recompensa: ao chegar no alto dos picos, o visual da cidade do Rio de Janeiro é impressionante. Vamos nessa?

1 - Pedra Bonita

De fácil acesso, a trilha que leva à Pedra Bonita dura 30 minutos de caminhada leve, porém é um pouco íngreme, e traz uma das vistas mais legais do Rio de Janeiro. Ela tem início na Estrada da Pedra Bonita, na bifurcação da Estrada das Canoas. O cume fica sobre uma laje de pedra, com vista da praia de São Conrado, do Morro Dois Irmãos, das praias da Zona Sul, da Pedra da Gávea, da Barra da Tijuca e da Floresta da Tijuca. No retorno, você pode conhecer a rampa de voo livre, de onde partem os praticantes de asa delta e parapente. Quem sabe você não decide saltar também? (Crédito: Thinkstock)

2 - Pedra da Gávea

A trilha mais difícil da cidade, com um dos finais mais gratificantes também. Muita gente deixa essa trilha de lado para não enfrentar a “carrasqueira”, parte da trilha onde é preciso escalar uma pedra íngreme, perto de um penhasco – a dica é contratar um guia para levar equipamentos e orientar sobre seu uso. Fora esse pequeno obstáculo, a trilha é longa, mas tranquila. Leva cerca de três horas e a entrada pode ser feita de diversos lugares diferentes. O visual do pico é parecido com o da Pedra Bonita, porém muito mais amplo. (Crédito: divulgação CVC)

3 - Morro Dois Irmãos

A trilha localizada em um dos cartões postais do Rio de Janeiro tem nível médio e leva apenas 40 minutos de subida até uma das vistas mais bonitas da cidade. Do alto de seus 533 metros é possível avistar a Zona Sul da cidade (Leblon, Ipanema, Lagoa e Cristo Redentor), a Floresta da Tijuca, a Rocinha, o Vidigal, as Ilhas Cagarras e Niterói, tudo em um panorama de 360 graus. (Crédito: Thinkstock)

4 - Trilha da Urca

Leve e bem tranquila, a trilha para chegar até o Morro da Urca é uma boa alternativa para apreciar o visual do topo sem precisar pegar o bondinho. E se você quiser unir as duas experiências, a descida pode ser feita pelo teleférico (é preciso adquirir ingresso). A trilha tem início em uma entrada na Pista Claudio Coutinho, no canto esquerdo da praia Vermelha. A pista fica aberta diariamente das 7h às 18h. (Crédito: Thinkstock)

5 - Costão de Itacoatiara

A trilha fica em Itacoatiara, Niterói, e é famosa por proporcionar um belo visual da praia de Itacoatiara e do Rio de Janeiro. São 30 minutos de subida íngreme e mais 30 minutos para voltar, então nada de chinelos! Vá de tênis confortáveis e não esqueça a água. Apesar de ser curta, a subida cansa bastante. A trilha faz parte do Parque Estadual da Serra da Tiririca, se estende de Niterói até Maricá e é composta de Mata Atlântica e Mata Costeira. (Crédito: Thinkstock)

Gostou das dicas? Então veja também nossa matéria sobre trilhas em São Paulo!

 

dica anterior
Confira 10 destinos para viajar em 2016

próxima dica
Itacaré: separamos 5 motivos para você curtir as praias da região!