Publicado em 08/03/2017
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

9 destinos do Sul do Brasil para curtir o ano todo

No lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, no Paraná, as quedas d'água ocupam uma área de 800 metros de largura. Dá para ver 5 cachoeiras principais e curtir a vista panorâmica de outros 14 saltos famosos (Crédito: Divulgação CVC)

Indo em direção ao sul do mapa nacional, o inverno e a época do Natal já são sinônimos de charme, sofisticação e decoração caprichada. Mas com tanta beleza natural e arquitetura única, é um pecado não visitar o Sul do Brasil em outras épocas do ano. Prova disso é a variedade de atrações dentre os nove destinos que selecionamos.

Dá pra bater perna por Curitiba, aproveitar o visual à beira-mar nas praias de Florianópolis e curtir o tour por vinícolas gaúchas. Também tem a rota dos cânions, passeio de trem e de bondinho, além de roteiros por cidades que fazem fronteira com a Argentina, o Paraguai e o Uruguai. E o melhor: nos meses de temperaturas amenas, a viagem é mais barata.

Selecionamos o melhor dos três estados - Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – para você se inspirar e viajar!

Além de referência em planejamento urbano, Curitiba tem muito verde, opções culturais e de diversão que a tornam única (Crédito: Thinkstock)

Curitiba | Paraná

A capital paranaense, Curitiba, é referência em urbanismo e qualidade de vida. Visitar o Jardim Botânico e a Ópera de Arame é imprescindível. Continue pelo Parque Barigui e o Museu Oscar Niemeyer (projetado pelo próprio Niemeyer). Descubra também lugares como o Memorial Ucraniano e o Parque do Alemão. Na cidade vizinha, Pinhais, fica o museu Parque da Ciência Newton Freire Maia, com atrações audiovisuais e interativas sobre o planeta Terra – a entrada é gratuita!

Aos sábados, o trem que corta a Serra do Mar parte de Curitiba até Paranaguá, com parada na cidade histórica de Morretes. A viagem pela estrada de ferro centenária (construída entre abismos, cachoeiras e pontes) é considerada uma das mais bonitas do mundo pelo jornal britânico The Guardian – vá no verão, quando há menos nebulosidade. Outra dica é fazer um bate-volta até a Ilha do Mel, região preservada e onde carro não entra!

Parque Nacional do Iguaçu | Paraná

O acesso ao parque é pela cidade de Foz do Iguaçu, onde há boa variedade de hotéis e resorts. De lá saem vans e ônibus para passeios pelas Cataratas do Iguaçu. Dá para caminhar nas passarelas pertinho das cachoeiras e até fazer tour de barco. O visual de quedas d'água como a Garganta do Diabo, com cerca de 80 metros de altura, é de tirar o fôlego! Ao final do percurso, há restaurantes próximos à saída, com vista para o rio Iguaçu. A época de outubro a março é ideal para ver as quedas d'água com mais volume. A maior parte dos pacotes para Foz do Iguaçu inclui tours na usina de Itaipu, em Ciudad del Este (Paraguai) e no lado argentino do parque, na cidade de Puerto Iguazú.

Florianópolis | Santa Catarina

Parte do território de Florianópolis está no continente e a outra numa ilha. Dá para aproveitar a natureza exuberante em trilhas, mergulhos e nas areias. Entre as top praias está a Jurerê Internacional, da Joaquina, dos Ingleses e a Praia Mole. Mais tranquila e acessível por trilha, a praia Lagoinha do Leste (entre as melhores do Brasil, segundo o Tripadvisor) fica do lado sul e é procurada por quem gosta de acampar. Como a distância entre as praias é grande, vale a pena reservar um pacote para Floripa com passeios inclusos ou alugar um carro. No fim de tarde, a ciclovia Beira Mar Norte rende bela vista do pôr do sol com a ponte Hercílio Luz ao fundo.

Uma das maneiras de chegar à praia em Balneário Camboriú é de barco pirata (Crédito: Divulgação CVC)

Balneário Camboriú | Santa Catarina

Também conhecida apenas como Camboriú, é a cidade com maior número de turistas durante o verão no estado de Santa Catarina. Um dos principais atrativos é o Parque Unipraias e sua vista inesquecível do alto dos mirantes! Pare nas praias de Laranjeiras, do Estaleiro ou Central para ver o mar praticamente transparente. Na viagem com crianças, combine dias de banho de mar com diversão no parque temático Beto Carrero World, na cidade vizinha Penha. Em outubro, dá pra combinar Balneário com a Oktoberfest, que acontece em Blumenau. Na dúvida, conheça várias cidades e atrações próximas garantindo um pacote de viagem com hotel e transporte!

Gramado | Rio Grande do Sul

Parte do roteiro pela Serra Gaúcha, a viagem por Gramado tem que incluir uma volta de pedalinho no Lago Negro. Para fazer compras e provar comidinhas, visite o centro, onde a arquitetura parece nos transportar para a Europa. Em família, visite o Dreamland Museu de Cera, o Snowland e o espaço Reino do Chocolate, abertos diariamente. Conheça também a fotogênica Igreja Matriz de São Pedro, perto da rua Coberta e da Praça das Etnias, pontos turísticos cercados por lojas de artesanato e empórios com produtos típicos coloniais (alemães, italianos e portugueses). Em dezembro, conheça o Natal Luz de Gramado.

Canela | Rio Grande do Sul

Em menos de 20 minutos de carro, saindo de Gramado, fica Canela, com área rural repleta de paisagens deslumbrantes. Entre as belezas naturais da região, a estrela é a Cascata do Caracol, cachoeira que pode ser vista do alto de um mirante ou do teleférico. No centro da cidade, o cartão-postal é a Catedral de Pedra. Não muito longe dali, há parques temáticos, como o Mundo a Vapor, que conta parte da história da cidade, e o AlpenPark, com tirolesa, arvorismo, entre outros. No fim do ano acontece a festa Sonho de Natal de Canela.

Bento Gonçalves | Rio Grande do Sul

Em Bento Gonçalves, a maior parte dos turistas visita a Vinícola Aurora, considerada a pioneira na região. De carro ou ônibus é mais fácil circular pelo Vale dos Vinhedos, cercado por paisagens floridas e por dezenas de vinícolas – muitas delas com visitação guiada e degustação e vinhos. O roteiro pelas cantinas históricas completa o tour gastronômico. De janeiro a março, Bento Gonçalves e Caxias do Sul (a cerca de 1h de carro) respiram o tema "uva", na Vindima e na Festa da Uva, respectivamente. Em novembro, Caxias do Sul recebe o festival Mississippi Delta Blues. O aeroporto mais próximo é o de Porto Alegre.

O cânion Itaimbezinho é a estrela do Parque Nacional Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul (Crédito: Thinkstock)

Parque Nacional Aparados da Serra | Rio Grande do Sul

Próximo à divisa com o estado de Santa Catarina, em Cambará do Sul, o lugar mais famoso do parque é o mirante com vista ao cânion Itaimbezinho, com paredões de 700 metros de altura! O cânion Fortaleza, no vizinho Parque Nacional da Serra Geral, também é famoso, além das cachoeiras, como a Véu da Noiva. Agende a trilha do rio do Boi para conhecer os vales e a parte de baixo das montanhas e fendas entre rochas. Os dois parques fazem parte da rota Campos de Cima da Serra, onde está o maior conjunto de cânions da América do Sul. No inverno, prepare-se para muito frio e ventos, com possibilidade de geadas.

Chuí | Rio Grande do Sul

O município de Chuí é o extremo sul do Brasil e o ponto de partida para se aventurar de carro no país vizinho, Uruguai. De lá são quase 2h30 até o balneário de Punta del Este e cerca de 4h para chegar a Montevidéu, com a vantagem da beleza do litoral ao longo do trajeto. Nas redondezas há a praia do Cassino – a maior do mundo! Sua extensão vai da cidade de Rio Grande até a Barra do Chuí, na divisa com o Uruguai. São mais de 220 quilômetros de orla.

Veja outras opções de pacotes para o Sul do Brasil e garanta agora sua viagem!

Deu vontade de viajar pelo Brasil? Confira também o nosso post com as atrações da região Centro-Oeste!

dica anterior
Deserto do Atacama ou Salar de Uyuni? Faça sua escolha!