Publicado em 14/12/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Londres de outros ângulos: dicas para fugir dos locais mais turísticos!

Além dos castelos e construções históricas, Londres é ótimo destino para curtir o sol até depois das 8 da noite! (Crédito: Thinkstock)

Além dos pontos turísticos que atraem visitantes de todos os cantos do mundo, Londres rende vários outros passeios interessantes, afinal, a cidade mistura elegância com história, arquitetura, compras, entretenimento e referências multiculturais. Curta a capital da Inglaterra passando por atrações que vão muito além do Big Ben e do palácio da família real – existe praticamente uma Londres para cada tipo de turista.

A cidade é perfeita para passear por parques, pubs, mercados de natal e lugares inspiradores para fãs de rock, entre muitos outros locais que você não vai querer parar de fotografar. Confira bons motivos para voar para lá na sua próxima viagem!

O mercado de Leadenhall, com arquitetura vitoriana, é um dos vários endereços londrinos filmados em Harry Potter e a Pedra Filosofal (Crédito: Thinkstock)

Para quem quer fugir das altas temperaturas

O verão agradável é uma das vantagens de Londres em relação a outras capitais europeias. Por lá os meses mais quentes (de junho a agosto) ficam em torno de 22ºC, em média, o que é ótimo para passear na rua e curtir as áreas verdes. Aproveite para fazer piquenique no Hyde Park, onde também acontecem festivais de música, e reserve tempo para ir a um cinema ao ar livre. Um dos locais mais tradicionais para se juntar com os amigos em frente à telona é no centro cultural Somerset House. Outra atração ao ar livre são as peças de teatro encenadas no Regent's Park, com ingressos a preços populares. Se prefere curtir os pubs, visite as opções com jardim ou outras áreas externas para aproveitar os dias de sol por mais tempo, já que no verão londrino ele se põe só depois das 8 da noite.

Para fãs de Harry Potter

Outro motivo para curtir Londres é conhecer os endereços que aparecem nos filmes de Harry Potter. Entre os locais que vão fazer você se sentir dentro da história de J.K. Rolling está o Leadenhall Market e a ponte Millenium. Se até a autora se inspirou na capital inglesa, você também pode! Aproveite para finalizar o tour na loja de Potter, na estação de trem King Cross, na plataforma 9 ¾ – sim, ela existe!

Para apaixonados por lendas do rock

Divirta-se incluindo pontos turísticos de bandas e músicos no seu roteiro! Veja de perto lugares por onde passaram os Beatles, reunidos em um mapa batizado pelos fãs de “Beatles Walks”. O mais famoso é a rua Abbey Road, que ilustra a capa de um dos discos mais emblemáticos da banda. Outros pontos famosos são a casa de Freddy Mercury e o estúdio em que foram gravados vários sucessos da banda Queen, o De Lane Lea Studios, além dos lugares que David Bowie frequentou, como a loja de guitarras Rose Morris, o pub The Ship e o estúdio Trident.

O centro cultural Sommersert House é um dos locais imperdíveis para curtir o inverno e o fim do ano patinando no gelo (Crédito: Thinkstock)

Para visitar no inverno

Os termômetros começam a cair em outubro e ficam ainda mais baixos em janeiro. Apesar de a sensação de frio ser bem maior do que os brasileiros estão acostumados, entre 10⁰C e 0⁰C, a neve não é frequente no inverno londrino, mas são grandes as chances de chuva. Capriche nos casacos, botas, gorros e luvas e programe tours de compras por liquidações (o dia 26 de dezembro funciona como uma Black Friday na cidade) ou viva um dia como um típico londrino, provando cafés e outras bebidas quentes – experimente o chá e vinho quente (por lá é chamado de mulled wine e é parecido com o do Brasil).

Para quem gosta de Natal ou Ano Novo

Essa época do ano inspira passeios em família e fotos de decoração. Em Londres, dá para curtir a iluminação das ruas Oxford e Regent (no entorno do bairro Soho) ou ainda se planejar para acompanhar a tradicional queima de fogos à beira do rio Tâmisa. As feiras natalinas também são imperdíveis, como a Southbank (em frente ao rio Tâmisa) e a Winter Wonderland (no Hyde Park), repletas de objetos decorativos e comidinhas que rendem uma tarde toda de andanças.

Prefere mais agito? Então visite as pistas de patinação no gelo, como a da Somerset House, com 900 metros quadrados (a arquitetura do local já vale o passeio!) ou a pista instalada no Museu de História Natural, com 1000 metros quadrados e espaço especial para crianças. As pistas normalmente funcionam de novembro a janeiro.

Agora que você já sabe como planejar sua viagem para Londres, escolha seu pacote e seu ingressos para curtir a Terra da Rainha do seu jeito!

 

dica anterior
Roteiros de 2, 3 e 5 dias em Fernando de Noronha

próxima dica
Ilhabela encanta turistas com natureza intocada