Publicado em 05/11/2015
Compartilhe:
Confira outras dicas

Veja aqui os melhores destinos para mergulhos no Brasil e programe sua próxima aventura!

Com mais de 8 mil quilômetros de costa, o Brasil possui inúmeros pontos de mergulho. Mas a prática não precisa ser realizada apenas em águas salgadas. Rios e cavernas também estão na lista dos melhores locais para o esporte, que conquista cada vez mais adeptos. Na lista dos mais belos pontos para mergulhar estão o arquipélago Fernando de Noronha, Bonito, Angra dos Reis e Ilha do Arvoredo. Embarque nessa aventura!

Fernando de Noronha (PE)

Um dos destinos mais procurados no mundo quando o assunto é mergulho, Fernando de Noronha conta com águas quentinhas – a temperatura pode chegar a 28⁰C! – e visibilidade de até 50 metros. O visual é simplesmente deslumbrante, com mais de 200 espécies de animais marinhos, embarcações naufragadas e corais. Entre os melhores locais para mergulhar em Noronha estão a Ilha do Meio, a Caverna da Sapata e a Laje dos Cabos. (Crédito: Thinkstock)

Bonito (MS)

Mergulhar em Bonito é algo mágico. O grande destaque fica para o Abismo Anhumas, caverna localizada a 23 quilômetros da cidade, que guarda um lago com salões submersos. Para mergulhar ali é preciso apresentar certificação profissional e ainda descer de rapel até o local, a uma altura de 72 metros. Se você busca algo menos radical, os rios da região são ótimas opções. Lá você encontra uma grande diversidade peixes e plantas aquáticas. (Crédito: divulgação CVC)

Abrolhos (BA)

O primeiro Parque Nacional Marinho do Brasil fica a 75 quilômetros da costa brasileira. No arquipélago você encontrará diversos tipos de peixes e corais, além de naufrágios, como o Rosalinda e o Guadiana, com visibilidade de cerca de 30 metros. Uma das maneiras de chegar a Abrolhos é fazer uma viagem a Prado e seguir até o município de Caravelas, de onde partem os barcos até o arquipélago.
(Crédito: Thinkstock)

Arraial do Cabo (foto) e Cabo Frio (RJ)

Com águas claras e muito frias, os dois locais são ideais para quem está iniciando na prática do mergulho. Você verá arraias, tartarugas, estrelas do mar, cavalos-marinhos, peixes e uma infinidade de corais. Em Cabo Frio, os melhores pontos para mergulho são as ilhas Comprida e do Papagaio. (Crédito: Thinkstock)

Angra dos Reis (RJ)

Com mais de 50 pontos de mergulho, Angra dos Reis oferece opções para iniciantes e também para profissionais. Alguns dos principais pontos são as ilhas de Sandri, Comprida e Ilha do Brandão. A temperatura da água gira em torno dos 23⁰C e os atrativos são espetaculares: costões das ilhas, parcéis (bancos de areia encobertos parcialmente por água ou recifes) e navios naufragados. (Crédito: Thinkstock)

Recife (PE)

Considerada a capital dos naufrágios no Brasil, em Recife você encontra restos de embarcações de diversas épocas e até recifes artificiais, com águas quentinhas (média de 28⁰C) e visibilidade de até 20 metros. Além da capital de Pernambuco, na praia de Porto de Galinhas (foto) as águas claras e transparentes são outra ótima opção para quem gosta de mergulhar ou praticar snorkeling. (Crédito: divulgação CVC)

Guarapari (ES)

Dona da maior diversidade de peixes de recifes do Brasil e de águas claras, onde a visibilidade chega a 30 metros, Guarapari ainda tem como atrações os navios naufragados Bellucia (em 1903) e Victory 8B (em 2003), que foi afundado de propósito para criação de recifes artificiais. Compre um pacote para Guarapari e aproveite a viagem para mergulhar!
(Crédito: Pulsar Imagens)

Laje de Santos (SP)

A ilha localizada em frente à cidade de Santos possui vida marinha variada, incluindo golfinhos e baleias. A profundidade varia entre seis e 45 metros e a temperatura da água fica em torno dos 22⁰C. Os principais pontos de mergulho são Portinho, Moreia, Caixaria, Parcel das Âncoras e Paredão. Reserve agora seu hotel em Santos e não perca essa aventura!

Ilha do Arvoredo (SC)

Um dos melhores points de mergulho do país, a ilha fica no litoral de Santa Catarina, a 11 quilômetros ao norte de Florianópolis. A ressalva é que para mergulhar nestas águas é preciso muita prática, ou seja, nada de iniciantes. A visibilidade da água fica entre cinco e 21 metros e existe uma grande variedade de peixes como garoupas, badejos, anchovas, além de tartarugas marinhas, arraias e polvos . Você ainda encontra canhões de antigas embarcações.

 

 

dica anterior
Conheça paisagens incríveis do Chile

próxima dica
10 destinos mais procurados no fim de ano