Publicado em 11/09/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Milão é porta de entrada para a Europa e destino estratégico para conhecer a região

A região conhecida como Navigli, uma das mais animadas de Milão, é repleta de bares e restaurantes (Crédito: Thinkstock)

Milão é a segunda maior cidade da Itália e atrai milhares de turistas que buscam as últimas novidades do mundo da moda, muito glamour na Galeria Vittorio Emanuele II e fotos espetaculares em frente ao Duomo. Mas outro atrativo da capital da região da Lombardia é sua posição privilegiada. Localizada próximo de países como França e Suíça, a metrópole se tornou excelente ponto de partida para quem deseja explorar parte da Europa de trem.

Na Estação Central de Milão você encontra trens para diversas cidades da Europa (Crédito: Aline Bosio)

A primeira dica é ficar hospedado próximo da Estação Central (chamada localmente de Milano Centrale) – reserve agora seu hotel em Milão. Além de ser boa opção para fazer compras e matar a fome em cafés e fast foods, o imponente prédio abriga uma das estações ferroviárias mais movimentadas do país.

Logo na entrada do primeiro andar você encontrará um painel com todos os horários de partidas e chegadas dos trens. Fique atento: os horários são rigorosamente respeitados. Os bilhetes devem ser comprados nos guichês eletrônicos ou pela internet.

Entre as opções de destino estão cidades italianas como Roma (3 horas de viagem), Veneza (2h30), Florença (2h) e Bérgamo (1h), mas você também pode aproveitar a curta distância e conhecer lugares como Zurique (4h), Lucerna (4h), Lugano (1h), Mônaco (5h) e Nice (5h). Se preferir ir mais longe, a partir da Estação Central de Milão você também pode chegar a Lyon (de 5h30 a 7h de viagem), Munique (7h), Paris (de 7h30 a 9h) e Viena (12h).

O Duomo e a Galeria Galeria Vittorio Emanuele II são alguns dos pontos turísticos de Milão (Crédito: Thinkstock)

Aeroportos

Da Milano Centrale você consegue chegar facilmente aos principais aeroportos da região, como Malpensa (MXP), Linate (LIN) e Orio al Serio (BGY) – de onde normalmente partem os voos das companhias aéreas de baixo custo, chamadas de low cost. Além dos trens, há ônibus de viagem que te levam aos aeroportos.

Milão

Faça sua rota para conhecer a Itália e os países ao redor a partir de Milão, mas não esqueça de deixar ao menos dois dias para conhecer esta cidade fascinante. Além do Duomo e da Galeria Vittorio Emanuele II, que estão a quatro estações de metrô a partir da Estação Central, conheça o Castelo Sforzesco, o Parque Sempione e a região de Navigli, repleta de bares e gente jovem à beira do canal que corta as principais ruas.

Não perca mais tempo! Garanta agora seu pacote para Milão e divirta-se!

 

dica anterior
Conheça os mistérios das ilhas de Galápagos!

próxima dica
Aproveite os últimos feriados do ano para viajar!