Publicado em 22/12/2014
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Descubra tudo sobre Nova York e Chicago e escolha sua favorita

Uma das áreas mais modernas e valorizadas de Chicago é o entorno do rio Chicago (Crédito: Thinkstock)

É comum ficar em dúvida entre destinos que proporcionam experiências parecidas. A moderna Nova York (Nova York) e a sofisticada Chicago (Illinois), ambas nos Estados Unidos, são frequentemente comparadas na hora de planejar as férias.

Pensando nisso, separamos as principais informações sobre as duas cidades para você conferir qual mais se aproxima do seu estilo. Compare e escolha a melhor opção para sua próxima viagem!

É comum utilizar o Central Park como referência para conhecer
NY antes de seguir até outros distritos (Crédito: Thinkstock)

Quando ir

As duas regiões recebem turistas o ano todo. Os brasileiros podem aproveitar mais Nova York e Chicago entre o outono (de setembro a novembro) e a primavera (de março a junho), quando as temperaturas são mais amenas. Por outro lado, o inverno rigoroso (de dezembro a fevereiro), com neve e temporada de patinação no gelo, também motiva viagens para as duas cidades.

Turistas de todo o mundo costumam ir para Nova York curtir a decoração de Natal e participar da famosa festa de Réveillon na Times Square. Já em Chicago, os tradicionais festivais de blues e jazz, abertos ao público e ao ar livre, deixam os parques da cidade lotados em junho e agosto.

O que fazer

Chicago ficou conhecida pela relação próxima com a música, o que é visível em pubs e festivais. Abriga mais de 40 museus, obras de arte espalhadas por ruas e parques, além de edifícios considerados referência em arquitetura. Entre os principais pontos turísticos estão a escultura espelhada Cloud Gate, no Millenium Park, e o mirante da Willis Tower, no 103º andar.

Na "Big Apple", como Nova York ficou conhecida, sempre há lojas interessantes, importantes exposições em museus, rica programação de espetáculos e cenários de filmes espalhados pela cidade, como a Times Square, 5th Avenida, o Central Park e a Estátua da Liberdade.

Chicago é famosa pelos arranha-céus. Há mirantes e tours pelo rio Chicago para ver a perspectiva dos prédios (Crédito: Thinkstock)

Fora da rota turística

Você pode fugir da rota turística nos dois destinos e explorar lugares incríveis. Em NY, aproveite bairros como Williansburg, com lojas de marcas alternativas e feirinhas de artesanato. Em Chicago há dezenas de grifes famosas e outlets. Outro destaque fica por conta da Rush Street, onde a atração são os brechós e cafés.

A influência de imigrantes é forte nas duas cidades: ambas têm Chinatown e Little Italy. Há ainda a Little Brazil, em Nova York (com churrascarias no melhor estilo brasileiro), e Humboldt Park, em Chicago (de tradição porto-riquenha).

Nas alturas

As duas metrópoles abrigam os prédios mais altos dos Estados Unidos. Alguns deles possuem mirantes para você apreciar a vista privilegiada lá do alto. Na Willis Tower os visitantes podem ver o lago Michigan, enquanto o observatório 360 Chicago oferece visão ainda mais ampla quando as janelas se inclinam para baixo.

O Empire State Building, em Nova York, mantém dois observatórios, um no 86º andar e outro no 102º. Aproveite também a vista do Top of The Rock, localizado na cobertura do Rockefeller Center.

Em NY, a 5th Avenue rende passeios para o dia todo entre
vitrines de grifes, museus e o famoso Empire State
(Crédito: Thinkstock)

Gastronomia

Ambas são conhecidas pela gastronomia sofisticada e o sucesso da junk food – pizza e hot-dog são as mais tradicionais. As duas cidades também possuem restaurantes premiados, festivais gastronômicos anuais, food trucks e mercados gourmet disputados, além de vasta opção de comidas étnicas para todos os gostos e bolsos.

Hospedagem

Se hospedar em Nova York costuma ser mais caro que em Chicago, principalmente em regiões mais famosas, como Broadway e nos arredores do Central Park. Os locais mais em conta são as ruas afastadas do centro ou próximas dos aeroportos. O mesmo acontece em Chicago. Se seu objetivo for economizar, procure opções próximas ao aeroporto O'Hare e evite os hotéis ao redor da avenida Michigan e do rio Chicago.

Chicago parece ter mar, mas é o lago Michigan que
cerca a cidade com água e praias (Crédito: Thinkstock)

CityPASS

A melhor maneira de explorar as duas cidades é comprando o CityPASS. Este cartão costuma oferecer até 50% de desconto em ingressos. Além disso, com ele você não pega filas e aproveita melhor o tempo disponível. O CityPASS New York dá direito a entrada em seis atrações, como o Empire State, a Estátua da Liberdade e o Museu de Arte Moderna. Já com o de Chicago você conhece cinco atrações (Skydeck, The Field Museum e 360 Chicago são algumas delas). Aproveite para comprar seu CityPASS em uma loja CVC e economize!

A Times Square, em Nova York, recebe a famosa festa de
Réveillon que atrai o mundo inteiro (Crédito: Thinkstock)

Como se locomover

Vale a pena andar a pé ou de transporte coletivo nos dois destinos. Em Nova York o destaque é o metrô, que te leva a praticamente todos os pontos turísticos. Em Chicago há trem e metrô. Utilize também o ferryboat como transporte coletivo – alguns são gratuitos –, assim você aproveita para passear durante o trajeto pelo rio East (NY) ou pelo rio Chicago (Chicago). Nas duas cidades, circular de ônibus ou táxi pode ser uma alternativa, mas são mais caros e o trânsito pode atrapalhar seus planos.

Cercado pelo lago e repleto de atrações de lazer, o Navy Pier é um dos locais mais visitados de Chicago (Crédito: Thinkstock)

Lazer

No meio de tantas atrações também sobra espaço para a natureza. Em Nova York você pode caminhar pelo Central Park, pedalar nas margens do rio Hudson no Battery Park ou conhecer parques que oferecem exibição de filmes ao ar livre.

Em Chicago os destaques são o lago Michigan e suas praias ao longo da orla, o Navy Pier (com restaurantes e itens de lazer) e diversos parques – estima-se que há pelo menos 500 em toda a cidade. Destaque ao Lincoln Park (parque e zoológico) e o Millenium Park (com pavilhão de música, obras de arte e acesso às praias).

Como chegar

Há opções de voos diretos ou com ao menos uma parada saindo de São Paulo, Rio de Janeiro e outras capitais do Brasil. O tempo da viagem em voo direto varia de 7h a 9h para Nova York e de 8h a 10h para Chicago.

Nova York é atendida por três aeroportos, todos acessíveis por metrô, trem e ônibus, mas os voos diretos vindos do Brasil costumam pousar no JFK ou no Newark. Já Chicago abriga o segundo mais movimentado aeroporto internacional dos Estados Unidos, o O'Hare, atendido por trem e táxi.

 

dica anterior
Confira os 12 castelos mais bonitos do mundo

próxima dica
Celebre 2015 nas principais capitais do Brasil