Publicado em 27/02/2015 | Atualizado em 23/09/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Descubra o que é tax-free e saiba como economizar na sua viagem utilizando este benefício

Fazer compras durante a viagem é quase inevitável. Você garante lembranças daquele lugar incrível que visitou, leva presentinhos pra família inteira e encontra artigos com preços melhores que os do Brasil. Se você quiser economizar e garantir o reembolso de alguns dólares, euros ou pesos, compre em lojas que fazem a devolução do VAT, taxa conhecida no Brasil como IVA (imposto sobre valor acrescentado).

Geralmente, o reembolso é feito na moeda local do país onde você fez as compras (Crédito: Thinkstock)

Para movimentar o comércio local, governos de alguns países como Uruguai, Austrália, México, Canadá, membros da União Europeia e Argentina oferecem esse incentivo a turistas estrangeiros. A isenção dessa taxa é conhecida por tax-free ou tax refund.

Preparamos dicas especiais para você aproveitar esse benefício, além de um comparativo entre países, com os valores mínimos de compra e a taxa de imposto em cada um. Confira!

O reembolso vale para quais compras?

O procedimento de devolução do imposto vale para artigos que você leve de volta na viagem, como perfumes, eletrônicos e roupas – ou seja, não serve para hotéis, restaurantes, passeios e outros serviços.

Lembre-se de fazer compras e guardar as notas fiscais, para comprovar seus gastos na alfândega (Crédito: Thinkstock)

O que fazer para receber o reembolso?

Antes de fazer suas compras, confirme se a loja participa do programa tax-free ou tax refund. Ao passar no caixa, peça o formulário de devolução de impostos – o documento é emitido por uma das empresas que intermediam essas devoluções (as principais são a Global Refund e Premier Tax Free). Em alguns casos, a própria loja preenche os dados. No aeroporto de saída, no dia de voltar ao seu país, você deve procurar o guichê da alfândega. Além das notas fiscais e formulário que você recebeu na loja, em alguns locais, podem exigir a apresentação dos bens comprados.

Se estiver tudo nos conformes, seu formulário será carimbado na alfândega. Em seguida, entregue o documento no guichê da empresa que o emitiu, também no aeroporto. Em alguns países você pode escolher como quer receber o reembolso: em dinheiro (que você recebe na hora) ou pelo cartão de crédito, com espera de dois a três meses e a possibilidade de cobrança de taxas de serviço. Então, é só aguardar.

Cada país tem sua regra

É importante ressaltar que esse procedimento tem inúmeras variáveis. Em alguns países, o reembolso só é válido para compras em cartão de crédito. Em outros, a devolução só vale para compras feitas no mesmo dia e na mesma loja. Além disso, cada país exige um limite mínimo de gastos (veja abaixo no comparativo) para que seja válido o reembolso. Por isso, pergunte na própria loja quais são os procedimentos daquele país para receber a devolução.

Dicas básicas

De maneira geral, siga nossas recomendações e você poderá aproveitar o benefício.

✓ No momento da compra, carregue sempre passaporte e cartão de crédito, além da cópia de cada um deles. O passaporte comprova que você é estrangeiro e o cartão de crédito é exigido por algumas lojas para efetuar a devolução.

✓ Confirme que a loja é tax-free. Nem todas participam do programa.

✓ Avise no caixa que você quer o reembolso. Muitas pessoas dispensam o trabalho de recuperar esse dinheiro.

✓ Informe-se na loja sobre os procedimentos para receber a devolução naquele país. Como existem muitas diferenças entre eles, procure saber o que você deve fazer em cada situação.

✓ Faça cópias de seus documentos e cartão de crédito. Pode ser que a alfândega fique com essas cópias.

Chegue mais cedo ao aeroporto, além das duas horas recomendadas. Tenha tempo suficiente para enfrentar as filas na alfândega e no guichê das empresas que intermediam o reembolso.

✓ Guarde o contato da empresa que está intermediando a devolução. Caso o reembolso não seja feito dentro do prazo, procure-a imediatamente.

Comparativo entre países

País

Compra mínima

Taxa do VAT

Argentina

ARS 70

21%

Uruguai

UYU 500

22%

México

MXN 1.200

14% (aproximado)

França

€ 175,01

20% / 5,5%

Alemanha

€ 25 / € 30

19% / 7%

Holanda

€ 50

21%

Itália

€ 155

22% / 10% / 4%

Portugal (continente)

€ 49,88

23%

Portugal (Ilha da Madeira)

€ 49,88

22%

Portugal (Açores)

€ 49,88

18%

Espanha

€ 90,16

21% / 10% / 4%

Suíça

CHF 300

8%

Reino Unido

£ 25

20%

Dados consultados nos sites premiertaxfree.com, globalblue.com e taxback.com.mx em setembro de 2015

dica anterior
Os melhores destinos para os apaixonados por chocolate!

próxima dica
Conheça Dubai, cenário da próxima novela das 21h