Publicado em 05/12/2014
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Descubra os encantos de Buenos Aires em roteiros de 2, 3 e 5 dias

A Casa Rosada é a sede do governo argentino e fica no centro da cidade (Crédito: Thinkstock)

Distante apenas duas horas e quarenta minutos de avião a partir de São Paulo, a capital argentina é um dos destinos mais populares entre os brasileiros. A CVC preparou roteiros de dois, três e cinco dias com os principais pontos turísticos da cidade para você conhecer o melhor que a região tem a oferecer. Embarque nessa viagem e programe sua próxima viagem!

2 DIAS

Comece sua viagem pelo microcento, o coração da cidade, onde você encontra diversos cartões postais de Buenos Aires, como a Avenida 9 de Julio, uma das mais largas do mundo, onde fica o famoso Obelisco, a Plaza de Mayo e a Casa Rosada, sede do governo argentino. Não deixe de conhecer o Café Tortoni, localizado na Avenida de Mayo, o mais antigo da cidade, fundado em 1858. O local foi frequentado pelo cantor Carlos Gardel, que ganhou uma réplica feita de cera. À noite, espetáculos de tango são realizados no subsolo.

No bairro La Boca, as casas são pintadas de cores vibrantes
(Crédito: Thinkstock)

Após a parada para o café, vá ao bairro Recoleta, com hotéis e lojas de grifes internacionais. Na Plaza Naciones Unidas fica a Floralis Genérica, escultura feita de aço e alumínio, que se abre de dia e fecha suas pétalas à noite. O Cemitério da Recoleta, onde estão enterradas as maiores personalidades da Argentina, como Evita Perón, é um dos principais pontos turísticos da cidade.

O segundo dia de passeio pode ser preenchido com uma visita ao bairro La Boca, de ruas coloridas e comércio de artesanato a todo vapor. Lá você encontra quadros, souvenires e espetáculos de tango em plena rua. Neste bairro também fica o estádio La Bombonera, do Boca Juniors, time que levou Maradona à fama. Você pode ainda conhecer o museu multimídia La Pasión Boquense, embaixo das arquibancadas.

 

Puerto Madero, bairro que sofreu intenso processo de revitalização nos últimos 20 anos, presta homenagem às mulheres famosas por suas realizações em ciências, artes e política. A dica é conhecer a Puente de la Mujer e provar o famoso churrasco argentino nos restaurantes locais. Um dos programas mais procurados pelos brasileiros na capital portenha, as compras podem ser feitas na Calle Florida, a famosa rua de pedestres do centro, que reúne lojas de grife como Puma, Zara e Falabella, além do shopping Galerías Pacífico.

A Calle Florida é um dos principais endereços para as compras (Crédito: Thinkstock)

3 DIAS

Com um terceiro dia a mais no roteiro, o turista consegue andar pelas ruas de Buenos Aires com mais calma e ir a lugares diferentes. No bairro San Telmo você encontra uma feirinha de antiguidade e artesanato que existe há mais de 40 anos, nas ruas do entorno da Plaza Dorrego, todos os domingos. Já na esquina das ruas Defensa e Chile, a estátua da personagem Mafalda costuma ser bastante visitada.

A próxima parada é o bairro Palermo, o maior da cidade, com muitos hotéis, restaurantes e lojas. No lado conhecido como “Soho” estão vários bares, que ficam lotados nos fins de semana à noite. Aproveite e vá ao Parque 3 de Febrero, conhecido como Bosques de Palermo, com mais de 80 hectares de área verde. Destaque ao Jardim Japonês, ao Rosedal, Patio Andaluz, Puente Blanco e El Jardín de los Poetas, com bustos de personalidades como Shakespeare, Dante Alighieri e García Lorca.

Não saia da cidade sem assistir a um espetáculo de tango
(Crédito: Thinkstock)

5 DIAS

Os dois dias a mais de viagem permitem uma nova visita a bairros que merecem mais tempo para revelar seus segredos. Volte a Puerto Madero e procure a Fragata Sarmiento, ancorada no dique 3. A embarcação do século 19 viajou 37 vezes ao redor do mundo e hoje é um museu com objetos náuticos e militares como canhões, escafandros e mapas. Outra dica é se divertir no cassino flutuante do barco Estrella de La Fortuna, uma réplica das antigas embarcações que navegavam pelo rio Mississipi.

 

Para quem busca um pouco de cultura e história, vale a pena visitar em Palermo o Malba (Museu de Arte Latino Americana de Buenos Artes), endereço de obras de artistas latino-americanos como os brasileiros Cândido Portinari e Tarsila do Amaral, além da mexicana Frida Kahlo. O Teatro Colón também entra no roteiro. Após restauro, o local recuperou o esplendor de sua inauguração, realizada em 1908. Conhecido pela ótima acústica, o teatro possui visitas guiadas todos os dias.

Na última noite na cidade assista aos espetáculos de tango, oferecidos em várias casas de shows de Buenos Aires. Este dia também pode ser dedicado exclusivamente às compras e, desta vez, vá ao bairro Villa Crespo, apelidado de Palermo Queens, que concentra pontas de estoque de roupas e sapatos, outlets da Lacoste, Brooksfield, Yves Saint-Laurent, Christian Lacroix, Paula Cahen D’Anvers, Port Said, Cacharel e a Murilo 666, marca especializada em produtos de couro.

 

dica anterior
Veja 13 motivos para conhecer a África do Sul

próxima dica
Passe um fim de ano inesquecível na Europa