Publicado em 08/12/2015
 
 
Compartilhe:
Confira outras dicas

Confira os 7 melhores zoológicos do mundo e se encante com a diversidade animal

O zoológico de Berlim abriga 17 mil animais e é referência em conservação de espécies (Crédito: Thinkstock)

Com objetivo de preservar espécies, os zoológicos despertam a curiosidade em pessoas de todas as idades há várias gerações. São ótimas opções de passeios para quem vai viajar – especialmente com crianças! – além de ser uma forma de conhecer mais sobre a vida animal e os animais que fazem parte do ecossistema local. Confira nossa lista dos sete melhores zoológicos pelo mundo!

O zoo do Bronx, em Nova York, tem 650 espécies diferentes (Crédito: Thinkstock)

Zoológico de Berlim - Alemanha

Sempre na lista dos melhores do mundo, o zoológico de Berlim abriga mais de 17 mil animais. Inicialmente, o local era exclusivo para a coleção de animais do Rei William IV, da Prússia. Durante a Segundo Guerra Mundial, a maior parte da população animal foi morta e, posteriormente, os sobreviventes foram doados por meio de acordos diplomáticos. Atualmente, o zoo é referência em conservação das espécies.

Zoológico de Bronx - Nova York, EUA

Um dos maiores do mundo, o espaço tem 6 mil animais de 650 espécies diferentes. Foi aberto em 1899 e é reconhecido mundialmente por promover a educação pública da vida selvagem, com objetivo de conservá-la. É uma das principais atrações turísticas da cidade e os animais são divididos por áreas geográficas.

Os pandas são grandes atrações do zoológico de Pequim (Crédito: Thinkstock)

Zoológico de Londres - Inglaterra

O zoológico foi inaugurado em 1828 e é um dos mais antigos do planeta, com coleção de 800 espécies. A arquitetura chama a atenção por manter características vitorianas originais e os principais destaques são o Reptile House (onde estão exemplares de répteis e anfíbios, incluindo cobras, lagartos, sapos e crocodilos), aberto em 1927, e o Aquário, inaugurado em 1853.

O zoo de Londres existe desde 1828 e é um dos mais antigos do mundo (Crédito: Thinkstock)

Zoológico de Wellington - Nova Zelândia

O zoológico de Wellington se dedica a preservar animais nativos da Nova Zelândia como o pássaro Kiwi, que está em extinção. O espaço é reconhecido mundialmente pelo fato de usar recursos e tecnologias sustentáveis para fazer o manejo dos animais e participar do movimento “Liberte os Ursos”, que visa proteger os ursos do Sudeste da Ásia.

Zoológico de Pequim - China

Com 89 hectares, o zoo reúne coleção com mais de 14,5 mil animais, sendo 450 espécies terrestres e mais de 500 tipos de bichos marinhos. A principal atração são os animais chineses raros, como os pandas, além do estilo arquitetônico com piscinas de lótus, jardins e pavilhões chineses.

O zoológico de San Diego foi um dos primeiros a exibir animais fora de jaulas (Crédito: Thinkstock)

Zoológico de San Diego - Estados Unidos

Este é um dos zoológicos mais conhecidos do mundo, onde vivem mais de 4 mil animais de 800 espécies. Foi o primeiro a exibir os animais sem jaulas, usando obstáculos escondidos, como fossos, e recriando ao máximo seus habitats. O zoológico também possui um instituto de conservação e pesquisa, além de tratar animais e devolvê-los para a natureza.

Zoológico de Cingapura - Cingapura

Aberto em 1973, conta com 300 espécies de animais, sendo que a maioria está ameaçada de extinção. É uma das referências mundiais no que diz respeito ao modo como os animais são mantidos, já que eles não são expostos em jaulas – apenas barreiras separam os visitantes dos bichos.

 

dica anterior
Explore as pirâmides mais incríveis do mundo

próxima dica
Curta os maiores arranha-céus do mundo e conheça paisagens direto das alturas!