No inverno ou verão, Bariloche é diversão na certa!

Bariloche, neve

San Carlos de Bariloche, ou apenas Bariloche, como é mais conhecida, é o destino de inverno mais famoso da Argentina e um dos mais populares entre os brasileiros. Localizada junto à Cordilheira dos Andes, na província de Rio Negro, é a porta de entrada da belíssima Patagônia argentina. Suas imponentes montanhas cobertas pela neve atraem quem busca aquele clima de alpes suíços, mas a verdade é que Bariloche tem atrações o ano inteiro. Vamos embarcar nessa aventura?

Bariloche, Cerro Otto
No Cerro Otto você pode fazer um inesquecível passeio em teleférico de vidro (Crédito: Thinkstock)

Cerros

Se você vai para Bariloche no inverno, os passeios para os “cerros” – ou colinas, em espanhol – serão uma grande parte da viagem. Começando pelo Cerro Catedral, centro de esqui mais tradicional de Bariloche, indicado para esquiadores e para quem deseja apenas apreciar a incrível paisagem saboreando um chocolate quente. Possui 70 km de pistas com diversos graus de dificuldade, moto de neve e snowboard.

No Cerro Otto, a 5 km do centro da cidade, você começa o passeio em um teleférico om janelões de vidro. O visual do Lago Nahuel Huapi fica ainda mais impressionante do topo da montanha. Na sua confeitaria giratória, há delícias como chocolate quente, chás, café e tortas. Já o Cerro Tronador, no Parque Nahuel Huapi, você tem uma vista deslumbrante dos lagos, do Vale Vuriloches, de bosques e da geleira Ventisquero Negro.

Bariloche, Cerro Falso Belvedere, Villa la Aangostura
A Villa La Angostura fica ao pés da Cordilheira dos Andes, com paisagens lindas de lagos, rios e bosques (Crédito: Shutterstock)

Passeios imperdíveis

As paisagens de Bariloche são um convite para passeios ao ar livre. Um dos mais belos é para a Villa La Angostura, ao pés dos Andes, com lagos, rios e bosques. Na época de neve, a dica é conhecer o Complexo Piedras Blancas, localizado na parte sul do Cerro Otto, a 1.200 metros de altitude, perfeito para esquiar nas pistas para iniciantes, passear de trenó, teleférico, tirolesa e saborear uma torta caseira com chocolate quente.

E que tal uma típica noite nórdica? Neste divertido e famoso passeio, que acontece apenas durante as noites de inverno, você faz um percurso pelos bosques dirigindo seu próprio quadriciclo. Depois de uma parada em um mirante e relaxar à beira da fogueira degustando um bom vinho argentino, a noite termina com um saboroso jantar com pratos típicos de primeira da culinária patagônica.

Bariloche, Lago Nahuel Huapi
Faça um agradável passeio pelo Lago Nahuel Huapi, um dos locais mais bonitos de Bariloche (Crédito: Thinkstock)

E não saia de Bariloche sem fazer o passeio de barco pelo Lago Nahuel Huapi, que começa em Porto Pañuelo e a cuja primeira parada é no Bosque de Arrayanes. Suas árvores avermelhadas inspiraram Walt Disney a criar o personagem “Bambi”. Em seguida, parada na Ilha Victoria, a maior do lago, que tem lindas sequoias. E ainda tem uma caminhada até a Playa del Toro, que abriga nas rochas pinturas rupestres que datam de mais de 500 anos.

Atrações

Achou que tinha acabado? A lista do que fazer em Bariloche é quase infinita! Aproveite essa viagem e conheça o Ice Bar, feito quase completamente de gelo! Durante a permanência, que não pode passar de 25 minutos, você deve usar roupas térmicas. Ao lado, há um bar com temperatura normal. E que tal uma pausa para saborear deliciosos chocolates?  Visite as fábricas como a Franton. Para completar, passeie pelo Centro Cívico, com seu conjunto de prédios medievais.

Dica de oferta CVC

*Ofertas sujeitas a disponibilidade e alteração