CVC - Viagens

Bem-vindo a CVC,

alterar senha (sair)


 

Cidade histórica, Ouro Preto guarda tesouros arquitetônicos

Uma das principais cidades históricas brasileiras, Ouro Preto foi eleita Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e guarda verdadeiros tesouros arquitetônicos e artísticos entre suas ladeiras de pedra. Nascida da febre do ouro, no final do século 17, a então chamada Vila Rica chegou a abrigar cerca de 40 mil habitantes até o fim do século 18 – mais do que muitas cidades europeias na época. Suas construções preservadas formam um dos principais conjuntos arquitetônicos do barroco mineiro, que ostentam obras de grandes artistas como Antônio Francisco Lisboa (Aleijadinho) e Manuel da Costa Ataíde. A cidade ainda foi palco de alguns dos mais importantes episódios da história do país, como a Guerra dos Emboabas e a Inconfidência Mineira. Atualmente, Ouro Preto é um dos destinos turísticos mais visitados de Minas Gerais, que atrai turistas interessados em arte, arquitetura, história, religião e até mesmo agitação. O carnaval de rua é uma das épocas mais animadas por lá, assim como os períodos do ano em que acontecem o Festival de Inverno e a Mostra de Cinema, que ocorrem em junho e julho. 

Crédito: Thinkstock  
quando ir

O clima é úmido no verão e seco no inverno, mas o que deve se levar em conta ao visitar Ouro Preto é o calendário de eventos: Carnaval, Semana Santa, Mostra de Cinema (junho), Festival de Inverno (julho) e 12 de Outubro, que costumam lotar a cidade de turistas.

curiosidades

Existem na cidade aproximadamente duas mil minas abertas. Embora exauridas, algumas estão abertas à visitação, como a famosa Mina do Chico Rei. 

Veja mais informações sobre peso da bagagem, voltagem, taxas e aeroporto.
 

Fotos

História, arte e exemplares de construções barrocas muito bem preservadas são alguns dos motivos para visitar Ouro Preto. A cidade mineira conserva ar colonial, ao mesmo tempo que se rende à animação do Carnaval. Além dos passeios pelas ladeiras do centro histórico, conheça minas de ouro hoje desativadas e os vários museus que ajudam a contar a história do Brasil.

A Igreja Nossa Senhora do Carmo foi construída em estilo rococó, última fase do barroco (Crédito: Thinkstock)
Para conhecer todas as igrejas e museus da cidade o turista deve ter fôlego para enfrentar as ladeiras (Crédito: Thinkstock)
A bela Igreja São Francisco de Assis foi projetada por Aleijadinho (Crédito: Thinkstock)
A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos tem fachada de formas arredondadas (Crédito: Thinkstock)
No final do século 17, Ouro Preto chegou a ter 40 mil habitantes (Crédito: Thinkstock)
Os detalhes arquitetônicos influenciados pelo barroco estão em todas as partes (Crédito: Thinkstock)
Muitos casarões ainda resistem ao tempo e dão um ar de museu a céu aberto para a cidade (Crédito: Thinkstock)
A cidade mineira possui muitas igrejas, repletas de obras de arte de mestres famosos (Crédito: Thinkstock)
No Museu da Inconfidência estão os restos mortais de 16 inconfidentes (Crédito: Thinkstock)
No Carnaval a cidade fica cheias de foliões, uma das épocas mais animados do ano (Crédito: Thinkstock)
A Igreja São Francisco de Paula foi construída entre 1804 e 1898 (Crédito: Thinkstock)
Ouro Preto está incrustada nas montanhas da Serra do Espinhaço (Crédito: Thinkstock)
 

Pontos turísticos

Impossível visitar Ouro Preto sem se encantar com a riqueza de detalhes das igrejas e casarios feitos em estilo barroco, as peças de arte que estão expostas a céu aberto e dentro de museus, além de conhecer ao menos uma das minas onde exploravam ouro na época do Brasil Colônia. Como se isso não bastasse, a cidade ainda é um dos locais mais animados do país quando o assunto é comemorar o Carnaval.

Crédito: Thinkstock

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Reúne entalhes das três fases do barroco mineiro e é um dos templos com maior quantidade de ouro do Brasil: 400 quilos. Nos seis altares laterais estão representadas irmandades e grupos sociais da época. O Museu de Arte Sacra, no subsolo da sacristia, exibe imagens de Nossa Senhora do Pilar, Santa Bárbara e Nossa Senhora da Conceição.

ENDEREÇO: Praça Monsenhor Castilho Barbosa |Centro Histórico.

Crédito: Thinkstock

Igreja São Francisco de Assis

A igreja foi projetada por Aleijadinho, responsável pelo medalhão da fachada e o lavabo da sacristia. O forro da nave foi pintado por Mestre Athaíde, que levou mais de dez anos para terminar a obra. No altar-mor, os painéis e quadros laterais também são de sua autoria.

ENDEREÇO: Largo de Coimbra |Centro Histórico.

Crédito: Thinkstock

Igreja Nossa Senhora do Carmo

Foi um dos últimos projetos do arquiteto Manuel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho, construída em estilo rococó - a última fase do barroco, menos carregada de ouro. É a única do estado com painéis de azulejos portugueses, na capela-mor. Reúne peças de Aleijadinho e pinturas de Mestre Athaíde.

ENDEREÇO: Rua Brigadeiro Musqueira |Centro Histórico.

Crédito: Thinkstock

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Com fachada de formas arredondadas, possui altares dedicados aos santos negros e pouca ostentação de ouro. A escultura de Santa Helena tem o rosto atribuído a Aleijadinho e possui um detalhe interessante que merece destaque: uma das faces tem traços masculinos e a outra, femininos.

ENDEREÇO: Largo do Rosário|Centro Histórico.

Crédito: Thinkstock

Museus

São muitos os museus que estão à disposição em Ouro Preto. Destaque para o Museu da Inconfidência, instalado no prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, estão os restos mortais de 16 inconfidentes; o Museu do Oratório, com mais de 160 oratórios dos séculos 17 ao 20; e o Museu de Arte Sacra, com vestimentas de fios de ouro, livros e até um mausoléu construído para o funeral simbólico de D. João V, Rei de Portugal, morto em 1750.

Crédito: casadeartesouropreto.com.br

Ateliês

São diversos os ateliês de arte espalhados pela cidade. Um deles é a Casa de Artes Ouro Preto, que reúne pinturas e esculturas de 20 artistas da região e espaços de escultores e pintores como Bié, Carlos Bracher, Elias Layon e Paulo Valadares.

Crédito: casadaopera.com

Teatro Municipal

Também conhecido como Casa da Ópera, é o mais antigo teatro do país em funcionamento. Os imperadores Dom Pedro I e Dom Pedro II chegaram a ocupar o camarote destinado à Família Real.

ENDEREÇO: Rua Brigadeiro Musqueira |Centro Histórico.

Crédito: hortodoscontos.com.br

Horto dos Contos

O parque, encravado no Centro Histórico, possui uma trilha calçada de 1,5 quilômetro com mirantes onde você poderá fotografar diversas igrejas. Os principais acessos ficam próximos à rodoviária e à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar.

ENDEREÇO: Centro Histórico.

Casa dos Contos

A antiga casa de pesagem e fundição do ouro era o local onde o minério era transformado em barra e reconhecido pelo Império. Nesse processo, um quinto do valor era descontado na forma de impostos – o que originou a expressão “quinto dos infernos”. O lugar serviu ainda de prisão aos inconfidentes.

ENDEREÇO: Rua São José, 12 |Centro Histórico.

Minas de ouro

Milhares de minas de ouro foram abertas no subsolo de Ouro Preto no auge da atividade mineradora, que ocorreu entre os séculos 17 e 18, e muitas delas ainda podem ser visitadas. Algumas das mais conhecidas são as minas Jeje, Santa Rita e Chico Rei.

 

Hospedagem

As melhores ofertas de hospedagem de Ouro Preto estão no Centro Histórico, com opções para todos os bolsos e gostos. Lá você ficará próximo das principais atrações, lojas e restaurantes da cidade.

Pousada dos Ofícios

Localizada na entrada de Ouro Preto, a pousada fica a apenas 500 metros da Praça Tiradentes. Os apartamentos são equipados com internet wi-fi gratuita, TV, telefone e frigobar. No café da manhã você pode desfrutar dos quitutes da cozinha mineira. O local oferece estacionamento.

Reserve agora seu hotel em Ouro Preto!

Boroni Palace Hotel

O Boroni Palace fica a 400 metros da Praça Tiradentes e a 10 minutos de caminhada do centro da cidade. Dispõe de quartos com acesso à internet, circulador de ar, frigobar e banheiro privativo. A propriedade possui sala de TV, salão de jogos e estacionamento, disponível por um custo adicional. 

Reserve agora seu hotel em Ouro Preto!

Pousada do Arcanjo

Situada em uma travessa da rua Padre Rolim, principal entrada de Ouro Preto, a pousada tem vista para as montanhas e para o Pico do Itacolomi. Está a 900 metros da Praça Tiradentes e a 400 metros da Igreja de São Francisco de Paula. Oferece sala de estar com lareira, salão de convenções, restaurante, estacionamento e internet wi-fi. Os quartos são equipados com cama box, cofre eletrônico, ar-condicionado e TV por assinatura.

Reserve agora seu hotel em Ouro Preto!

 

Promoções

 

Observação: O conteúdo do texto acima é meramente informativo. A confirmação dos preços e informações sobre os serviços disponíveis são de responsabilidade das empresas mencionadas.

IMPORTANTE: O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais. Fica proibida a reprodução dos conteúdos - textos, figuras e gráficos - do Portal, salvo prévia autorização por escrito da CVC.

*Os valores dos pacotes apresentados nesta página podem variar de acordo com a cidade de origem. Selecione sua localização e confira o menor preço disponível para sua localidade. Todos os preços estão sujeitos à disponibilidade de lugares no ato da reserva. Os valores dos pacotes acima são o total do quarto dividido pela quantidade de passageiros (adulto ou criança ou bebê).

Publicidade

CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens | CNPJ: 10.760.260/0001-19 | Rua das Figueiras, 501 - Jardim – Santo André – SP | CEP: 09.080-370 © 2015 Viagens CVC - Todos os direitos reservados.
Um site validado pela Certisign indica que nossa empresa concluiu satisfatoriamente todos os procedimentos para determinar que o domínio validado é de propriedade ou se encontra registrado por uma empresa ou organização autorizada a negociar por ela ou exercer qualquer atividade lícita em seu nome.