CVC - Viagens

Bem-vindo a CVC,

alterar senha (sair)


 

Outros locais pelo mundo foram nomeados “venezas”, mas nenhum se compara ao original. A ocupação de Veneza, na Itália, remonta a mais de mil anos, criando um legado histórico e cultural único. Isso é visto nos palácios, edifícios históricos e na estrutura incrível de uma cidade que se desenvolveu em pequenas ilhas e em áreas aterradas de um lago. Um passeio por seus canais, de vaporetto e nas famosas gôndolas, é a melhor forma de explorar a região e se locomover, pois carros não circulam pelas ilhas. Aventure-se!

Crédito: Thinkstock  
quando ir

De novembro a abril, pode haver alagamentos temporários, que não atrapalham sua viagem. De março a junho e de setembro a novembro as temperaturas são amenas. Entre janeiro e março, os preços caem.

curiosidades

Veneza foi construída sobre uma laguna e está sujeita a variações do nível das marés. Assim, no outono e no inverno, ocorrem alagamentos chamados acqua alta. Mas sem pânico: a água não costuma passar do joelho e atinge só uma parte da cidade durante algumas horas.

Veja mais informações sobre o idioma, moeda local, taxas, documentação, peso da bagagem e muito mais!
 

Fotos

Veneza se desenvolveu sobre zonas aterradas de uma laguna, área baixa formada pela água salgada do mar Adriático, perto da borda litorânea. Essa característica traz um visual único à cidade, que parece flutuar junto com as milhares de embarcações que percorrem seus canais.

Vista da Basílica de San Marco, Palazzo Ducale e visão panorâmica de Veneza, do topo da torre Campanile (Crédito: Thinkstock)
Na Piazza San Marco, restaurantes e café tomam as calçadas com mesas e cadeiras (Crédito: Thinkstock)
Detalhe arquitetônico das colunas do Palazzo Ducale(Crédito: Thinkstock)
Detalhe ainda mais aproximado de uma coluna do Palazzo Ducale (Crédito: Thinkstock)
Fachada da Basílica de San Marco é ornamentada com diversas pinturas (Crédito: Thinkstock)
Interior da Basílica de San Marco também possui todo seu teto e paredes internas pintadas (Crédito: Thinkstock)
Quando ocorre a acqua alta, ambulantes vendem um tipo de proteção para os pés e pernas (Crédito: Thinkstock)
Gôndolas estacionadas ao pôr do sol, com a Punta della Dogana ao fundo (Crédito: Thinkstock)
À noite, restaurantes à margem do Grand Canal oferecem uma bela vista para um jantar (Crédito: Thinkstock)
Mais de 100 ilhas compõem a parte insular de Veneza, divididas por vários pequenos canais (Crédito: Thinkstock)
Palazzo Barbaro a San Vidal, à esquerda, de frente para o Grand Canal (Crédito: Thinkstock)
Além das máscaras, as fantasias do carnaval veneziano remetem a vestimentas do século 18 (Crédito: Thinkstock)
Passeios de gôndola estão entre os programas mais procurados da cidade (Crédito: Thinkstock)
Vista da paisagem urbana colorida da ilha de Burano, próxima a Veneza (Crédito: Thinkstock)
 

Principais atrações

Parte de Veneza também está no continente, mas seus pontos turísticos estão espalhados pelas pequenas ilhas. É preciso alguns dias para conhecer seu universo, marcado pela rotina de moradores e turistas ao longo dos canais, diversos edifícios interessantes e uma arquitetura que mistura estilos. Ande por suas vielas e visite ilhas vizinhas, como Burano, Murano e Torcello.

Crédito: Thinkstock

Piazza San Marco

Considerada o “centro” de Veneza, a praça é o mais disputado ponto turístico da cidade – chegue bem cedo para evitar grandes aglomerações. Nela, além de diversos cafés, você conhece a milenar Basílica de San Marco, o Palazzo Ducale, as centenárias torres dell’Orologio e Campanile (esta com a melhor vista panorâmica da cidade), museus e vários edifícios antigos. Cada construção tem sua importância histórica e arquitetura recheada de detalhes.

Crédito: Thinkstock

Basilica San Marco

Desde que foi erguido, no ano 828, o santuário foi reconstruído mais duas vezes ao longo dos séculos. Diferente de outras igrejas da Itália, a basílica exibe características dos estilos gótico e bizantino, com fachada grandiosa em arcos, mosaicos, esculturas, altar em ouro e até um museu interno. Imperdível!

ENDEREÇO: Piazza San Marco

Crédito: Thinkstock

Palazzo Ducale

Construído a partir do século 12, o edifício em estilo gótico-veneziano serviu de residência dos antigos líderes de Veneza, tribunal, prisão e conselho administrativo. Os salões são ricamente ornamentados, com destaque para a sala do Grande Conselho, que abriga a maior pintura a óleo já feita até hoje, Paradiso, de Tintoretto.

ENDEREÇO: Piazza San Marco

Crédito: Thinkstock

Ponte Rialto

A ponte é um dos cartões-postais de Veneza e a única que atravessa o Grand Canal no coração da cidade, interligando os bairros San Polo e San Marco. Nas proximidades dela, faz sucesso o Rialto Mercato, um tipo de mercadão a céu aberto que vende alimentos e lembrancinhas, atração interessante para conhecer a vida e comércio locais.

Crédito: Thinkstock

Grand Canal

Considerando que o meio de transporte mais usado na cidade são os barcos, podemos chamar de “avenida principal” o Grand Canal. Ele divide Veneza em duas partes e é bem mais largo que os canais que circundam suas pequenas ilhas. Um passeio de vaporetto (tipo de ônibus-barco local) é a melhor opção para conhecer a cidade de um ponto de vista interessante, fotografando sua arquitetura única. Cuidado com os horários de pico, pois nele também há congestionamento.

Crédito: Thinkstock

Passeio de gôndola

Costuma-se dizer que quem foi a Veneza e não fez um passeio de gôndola, não foi a Veneza. Então se dirija às regiões mais movimentadas, como a Piazza San Marco ou Ponte Rialto, e prepare a carteira - uma volta de 40 minutos custa umas boas dezenas de euros. Prefira as embarcações mais conservadas e, ao escolher seu itinerário, evite o Grand Canal. Ventanias e a passagem de transatlânticos podem atrapalhar seu passeio.

Crédito: Thinkstock

Galerias de arte e museus

Assim como em outras cidades da Itália, a produção artística de Veneza se desenvolveu quando comerciantes passaram a financiar artistas, em séculos passados. Entre os mais conhecidos, estão Tintoretto, Ticiano e Canaletto. Suas obras e as de outras coleções podem ser vistas nas diversas galerias da cidade, como na Punta della Dogana, Galleria dell'Academia, Coleção de Peggy Guggenheim e outras.

Crédito: Thinkstock

Carnaval

Veneza possui um dos carnavais mais antigos do planeta – registros indicam que sua primeira realização foi no século 13, tendo como principal característica o uso de máscaras. A partir do século 16, depois de proibições e liberações, as festas viraram tradição entre os nobres, que usavam máscaras para se misturar ao povo e se divertir. Hoje, o carnaval de Veneza é feito em locais privados a preços caríssimos e alguns eventos públicos gratuitos. A data costuma ser a mesma do carnaval brasileiro.

Crédito: Thinkstock

Ilhas vizinhas

Para fugir de Veneza quando seu centro estiver abarrotado de turistas, visitar ilhas próximas é um bom programa. Em Murano, tradicional polo produtor industrial há centenas de anos, visite fábricas de vidro, showrooms e lojas com peças de todos os tamanhos. A fama de Burano se deve à produção de renda e lindas casas coloridas. Com um visual mais rural, Torcello abriga a construção mais antiga da laguna, a Catedral de Santa Maria dell’Assunta, do ano 639.

 

Hospedagem

Para os melhores preços, procure hotéis em Cannaregio, o sestieri (bairro) menos abarrotado de turistas em Veneza. Se quiser ficar perto dos pontos mais procurados, a dica é reservar sua hospedagem em San Marco. Quem estiver só de passagem pela cidade pode se hospedar em locais mais afastadas, como nos municípios de Verona e Vicenza.

B & B Hotel Verona Sud

Localizado em Verona, a 1h de Veneza, o hotel oferece estacionamento gratuito, internet wi-fi gratuita em todo o hotel e café da manhã, mediante solicitação. Nos quartos, você encontra TV de tela plana e ar-condicionado.

Reserve ainda hoje seu hotel em Verona

Key Hotel

Situado em Vicenza, a 1h de Veneza, o estabelecimento dispõe de acomodações com TV, internet wi-fi gratuita e ar-condicionado. Aproveite as comodidades oferecidas pelo hotel, como café da manhã, estacionamento gratuito, recepção 24h, lavanderia e terraço coberto.

Reserve agora seu hotel em Vicenza

Ai Mori d’Oriente

O hotel recebe você em um ambiente acolhedor e muito bem decorado, no bairro de Cannaregio, com sala de leitura, bar, lanchonete e terraço coberto. Os quartos possuem piso em carpete, ar-condicionado, TV LCD e alguns têm vista para o canal.

Bernardi Semenzato

Aproveite a comodidade do serviço de agendamento de passeios do hotel, localizado no bairro Cannaregio. Internet wi-fi nas áreas comuns, terraço e cafeteria estão entre os outros serviços oferecidos. Nos quartos, você tem à disposição ar-condicionado, cofre, cafeteira, internet wi-fi, TV e secador de cabelo.

Becher

Localizado em San Marco, no coração de Veneza, o hotel fica a cinco minutos a pé da Piazza San Marco. Recepção 24h, computador com acesso à internet, café da manhã no quarto, lavanderia e depósito de bagagens estão entre os serviços disponíveis.

Ai Due Principi

Localizado a apenas 300 metros da Piazza de San Marco, o hotel boutique recebe você em um palácio histórico revitalizado, com TV LCD, ar-condicionado e frigobar nas acomodações – alguns oferecem vista para o canal. Você também pode contar com os serviços de internet wi-fi (pago), recepção 24h, depósito de bagagens, cofre e serviço de quarto.

 

Promoções

 

Observação: O conteúdo do texto acima é meramente informativo. A confirmação dos preços e informações sobre os serviços disponíveis são de responsabilidade das empresas mencionadas.

IMPORTANTE: O conteúdo desta página é protegido por direitos autorais. Fica proibida a reprodução dos conteúdos - textos, figuras e gráficos - do Portal, salvo prévia autorização por escrito da CVC.

*Os valores dos pacotes apresentados nesta página podem variar de acordo com a cidade de origem. Selecione sua localização e confira o menor preço disponível para sua localidade. Todos os preços estão sujeitos à disponibilidade de lugares no ato da reserva. Os valores dos pacotes acima são o total do quarto dividido pela quantidade de passageiros (adulto ou criança ou bebê).

Publicidade

CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens | CNPJ: 10.760.260/0001-19 | Rua das Figueiras, 501 - Jardim – Santo André – SP | CEP: 09.080-370 © 2015 Viagens CVC - Todos os direitos reservados.
Um site validado pela Certisign indica que nossa empresa concluiu satisfatoriamente todos os procedimentos para determinar que o domínio validado é de propriedade ou se encontra registrado por uma empresa ou organização autorizada a negociar por ela ou exercer qualquer atividade lícita em seu nome.