O que fazer em São Roque: dica de roteiro para curtir o friozinho

São Roque - vista do lago

Terra dos vinhos e refúgio para descansar perto de São Paulo, o destino é opção econômica para curtir o friozinho. Com temperatura mínima, em média, de 10°C a 15°C durante o inverno, dá para se animar a visitar vinícolas, provar queijos e até aprender a esquiar em uma viagem de poucos ou até em um bate-volta. Algumas das suas principais atrações, como o tour pela Rota do Vinho e o Ski Mountain Park fazem parte de roteiros que você encontra na CVC.

Localizada a cerca de 1h de Sorocaba, Itú e São Paulo, São Roque se tornou estância turística nos anos 1990. Desde então, tem se destacado entre as regiões brasileiras que oferecem a experiência do enoturismo (viagem motivada pela degustação e visita à plantação ou envasamento do vinho). Além disso, mais de 40% do seu território é ocupado por Mata Atlântica (que sossego!). Tudo isso contribui para o aumento de turistas, principalmente, entre maio a julho. Confira nossas opções de passeios pela cidade e inspire-se!

1. Roteiro Enoturismo + Sítio Santo Antônio

canguera-vinicola-sao-roquePor onde passa: Este passeio inclui degustação por 7 vinícolas situadas na Rota do Vinho, região do entorno da Estrada do Vinho, onde há restaurantes e diversas propriedades produtoras de vinho que abrem as portas para excursões. As mais famosas são: Vinícola Góes, Canguera, XV de Novembro, Ferreira & Passero e Terra do Vinho. No mesmo dia o tour passa pelo Sítio Santo Antônio – construído no século 17! O sítio é um patrimônio histórico, com entrada gratuita.

Duração: dá para fazer esse roteiro em 1 dia.

A vantagem: você conhece os lugares mais tradicionais de São Roque e há almoço incluso em um restaurante na Estrada do Vinho.

[cs_accordion size=”cstheme-shortcode”][cs_accordion_item title=”Curiosidade: estâncias turísticas” expand=”false”]

Você sabe o que são estâncias turísticas?

Incluindo São Roque, há 70 estâncias no estado de São Paulo. São cidades que ficaram conhecidas pelas suas atrações naturais ou eventos e recebem recursos financeiros do governo para garantir a qualidade de vida, fornecer hospedagem, serviços de alimentação, informação e toda a infraestrutura de apoio para visitantes.

[/cs_accordion_item][/cs_accordion]

2. Centro Histórico + Passeio histórico

ferroviaria-sao-roquePor onde passa: Há duas outras opções de roteiro que incluem construções históricas e o centro. As igrejas São Benedito e Matriz, por exemplo, ficam a poucos minutos de distância da Estação Ferroviária, erguida em 1874, e do Sítio Santo Antônio, que é tombado pelo IPHAN (Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Combine esses locais com visita ao Centro Cultura Brasital ou às vinícolas da Rota do Vinho (são previstas 3 vinícolas nesse roteiro).

Duração: você pode se hospedar na cidade antes e reservar este passeio para não se preocupar com transporte e com os horários de visita às vinícolas, tudo isso é organizado pelo receptivo.

A vantagem: há almoço incluso na Estrada do Vinho (oba!). Bom para levar a família.

[cs_accordion size=”cstheme-shortcode”][cs_accordion_item title=”Curiosidade: tipos de vinícolas” expand=”false”]

Há diferentes tipos de vinícola. Entenda!  

Em São Roque você vai encontrar vitivinícolas, vinícolas e adegas. A vitivinícola realiza a plantação, cultivo, produção, envasamento e a venda do vinho. A vinícola compra a uva e faz o processamento, envasamento e venda da bebida. As adegas fazem somente a venda.

[/cs_accordion_item][/cs_accordion]

3. Ski Mountain Park + 3 Vinícolas

ski-mountain-park-sao-roquePor onde passa: além de passar por 3 vinícolas da Rota do Vinho, essa opção de roteio começa pelo Ski Mountain Park, um complexo de lazer construído no alto das montanhas da cidade, a 1.200 metros acima do nível do mar. Dá para aproveitar a vista no teleférico e escolher entre outras várias atividades disponíveis, entre elas: pista de esqui e patinação, snowboard, arvorismo, paintball, arco e fecha, trilha, cavalgadas, tobogã, escalada, e playground.

Duração: normalmente o roteiro começa às 10h e o turista deve providenciar os ingressos do parque. Vale a pena se hospedar na cidade por pelo menos 1 noite para curtir esse passeio e o clima de montanha.

A vantagem: há almoço incluso, servido durante o tour pela Rota do Vinho.

icon-expand-o  Você pode adquirir os passeios com transporte rodoviário nas lojas ou garantir diárias de hospedagem!

Dicas de oferta CVC:

*Oferta sujeita à disponibilidade e alteração. 

**Os passeios realizados pela CVC custam a partir de R$ 180.